Michael Coombs

De Wikinet
Ir para navegação Ir para pesquisar
Michael Coombs.jpg

Michael Coombs (n. 1978) é um editor de wikis britânico conhecido como um troll na internet desde a década de 2010. Polêmico e apoiador de teorias conspiratórias, ele gasta seu tempo divulgando seu apoio ao antissemitismo, negação do Holocausto, racismo, islamofobia, neonazismo, supremacia branca, sinofobia e genocídio branco (considerado tabu para os seguidores do politicamente correto e da grande mídia influente na Europa e América do Norte).

Foi editor de diversas wikis, incluindo Wikipédia (onde foi bloqueado), Metapedia (onde foi sysop mas perdeu o cargo logo depois) e RationalWiki (onde também foi banido). Ele ficou conhecido na wiki-esfera por ter sido um dos fundadores e administradores da Rightpedia.

No entanto, a Rightpedia foi fechada no final de 2018, após diversas denúncias sobre a controvérsia hospedagem de imagens de crianças palestinas mortas em conflitos na Faixa de Gaza e Cisjordânia em algumas biografias de políticos israelenses, insinuando que eles teriam sido responsáveis pelas mortes. Apesar das opiniões contra o islamismo, os árabes e a esquerda, ele é frequentemente acusado de trair o movimento por "dividir a direita" inglesa, ao apoiar a causa palestina.

De acordo com seus acusadores, Michael Coombs é talvez mais famoso pela criação de contas falsas e uso de identidades e personificações falsas online, o que resultou em muitas suspensões e banimentos em wikis, redes sociais e outros sites. Já ameaçou de morte diversas pessoas (principalmente editores de wikis) por não compartilharem seus ideais.

Ele também ganhou notoriedade por escrever que se sente sexualmente atraído por "meninas de 14 ou 15 anos" e que ele considera isso "normal para homens". Isso o levou a ser uma figura divisiva entre a extrema-direita e alguns sites que compartilham sua própria política neonazista e de nacionalismo branco. Com medo de sobrar para eles, seus integrantes o baniram sob a acusação de ser um defensor da pedofilia.

Fontes[editar]