Este artigo tem relação com chans. Clique aqui para mais informações.

Dogolachan (Psytoré)

De Wikinet
Ir para navegação Ir para pesquisar
Children-404 logo.png
BALEETED

Este artigo se refere a algo que não existe mais (como um site deletado) ou contém informações desatualizadas, refletindo o estado de algo no passado.

Dogolachan
Dogolarzpsy.png
Dogola chan.png
O chan no início de 2018, no estilo padrão "Yotsuba Blue".
Fundaçãodezembro de 2013
Falecimentojunho de 2018
Boards mais acessadas/b/
Dono(a)Psycl0n (até 05/2018)
Technomage (depois de 05/2018)
GOEC (depois de 05/2018)
Epic WinsVários. Foi o chan brasileiro que mais gerou lulz
Mascote(s)Dogola
Websitehttp://dogolachan.org

O Dogolachan original, criado por Psytoré, existiu entre 2013 e 2018 na Surface Web. Foi caracterizado por várias picuinhas internas e externas e é considerado um dos chans mais consagrados da Internet brasileira.

Após a prisão de Psy em maio de 2018, o chan continuou ativo por mais um mês até o domínio expirar. Em outubro, um sujeito chamado DPR criou uma reencarnação do Dogola na Deep Web, dando continuidade ao legado.

História[editar]

Precursores[editar]

Psy começou as suas primeiras experiências criando o 45chan em abril e o Jorgechan no final de 2011. Foram apenas chans sem muita relevância entre tantos outros que surgiram após a morte do 55chan original.

Início[editar]

Dogola, o mascote psicopata e meme que dá o nome do Dogolachan
Bem vindo ao mais novo chan da Interwebs brasileira. A falência do mar de mijo é a prova que a Internet brasileira precisa de mais que um chan administrados por moleques cujo dono não passa de um maconheiro escroto que molesta crianças. A caminhada é a seguinte.

Quando o mar de mijo falir, eu vou falir a toca do coelho também. Quando eles pensarem em 'dar o troco' vão encontrar uma merda escalável via AWS com milhões de proteções incluindo um modsecurity escroto. O máximo que vão poder fazer é chorar mesmo. É o meu sangue judeu, falindo os concorrentes. Só pode haver um. Mas aqui todos serão livres, não haverá amiguismo, você posta o que quer, se postar CP leva ban. Tirando isto, façam o que quiser. Não vai ser moleque de 12 anos que vai dizer que você é câncer ou não.

Psycl0n

Em dezembro de 2013, um tempo depois de sua primeira prisão, Psy criou o Dogolachan. Ele queria postar as merdas dele sobre a cultura japonesa e animes, tanto que o chan no início chegou a ter a descrição de "A casa do hikikomori na Internet". Ao ser xingado em todos os chans que ele frequentava por causa de suas jorgices, começou a forçar todos de seu chan a concordar com ele. Ele sabia criar e postar em blogs, mas ele precisava de uma resposta imediata a cada merda que postava. Antigamente, o Dogola também servia como alternativa quando o 55ch caía, mas como a userbase lá era tão cancerígena, mesmo para os padrões do 55ch, nem todos aderiam ao Dogolachan. Algumas vezes, Psy conseguia achar uma maneira de hackear os chans da competição e redirecioná-los para o seu chanzinho fajuto. É sério; ele fez isso com o 77chan, cujos admins leigos e underages ficaram uma semana quebrando a cabeça para resolver o problema. Na época, Psy ameaçou hackear o Salmãochan, mas não fez nada e foi humilhado por Salmão. Salmão chegou a postar as bostas dela sobre esquerdismo e feminismo no Dogolachan, foi banida inúmeras vezes. Os primeiros inimigos do chan foram o Emerson Eduardo Rodrigues, o 55chan e a Lola Aronovich. O primeiro moderador do chan foi o Kyo.

O chan apresentava uma novidade, a opção de embutir vídeos do YouTube nas threads.

Uma outra descrição dos tempos antigos era "All Hail Dogola", em referência ao mascote do chan, um cachorro com um olhar hilário chamado Dogola. O chan se localizava no endereço dogolachan.org e usava o tema Yotsuba Blue. Uma parte da userbase do Dogola veio do 77chan, que Psy havia hackeado, já a outra parte veio do Xchan, com o qual o Dogola tinha uma parceria. Na época, os usuários mais conhecidos no chan (além do admin, o Psy, eram o Matemáticofag e o Medfag. A Lola Aronovich só foi ter acesso ao Dogolachan depois de alguns meses, quando Psy chamou ela no Twitter fazendo ameaças com o link do Dogolachan, pedindo para ela entrar e vê os planos mirabolantes que Psy e sua turma estavam fazendo para assassinar sua reputação.

2014[editar]

Em 2014, Carlinhos, um paneleiro da PDU gravou um vídeo em Dubai em um dia próximo do carnaval de 2014, onde ele fazia a menina arabezinha falar umas idiotices em português ("ontem eu dei a bucetinha com gosto de espirro pro Carlos Gostosão"), só que sem ela saber o real significado. Ele publicou o vídeo na panelinha e logo o vídeo repercutiu nos chans.

No 55chan, os anões abriram uma thread de Raid contra o descolado filho da puta. Não demorou muito para a notícia chegar ao pai da menina, que ameaçou dar uma facada no moleque. Ele então postou um vídeo chorando e dizendo que acabaram com a vida dele. Não se sabe ao certo o desfecho da história; alguns dizem que ele realmente levou a facada, outros dizem que apenas foi deportado. De qualquer maneira, os anões consideram que o lulz gerado foi satisfatório.

O vídeo que originou a polêmica

Carlinhos chorando depois da raid

Gustavo Guerra, que também era paneleiro, fez uma conta no YouTube para reclamar da raid. Como o vídeo teve muitas visualizações, ele começou a fazer raps e outras escrotices no canal. Ele também começou a acessar chans (ainda em 2014), principalmente o Dogolachan, no qual o Guerra via um aliado contra o 55, já que o Batoré odiava com todas as forças o 55chan.

Essa foi a derrota do Guerra, porque ele já era falho, mas ao entrar de cabeça no chan do Batoré acabou sendo corroído pelo Batoré e os dogoleiros. Era usado pelo Batoré para gravar vídeos jorges que eram postados em blogs misóginos. Fora o Batoré, ele também era manipulado por Sentafria, em barganhas oferecendo atos sexuais com a irmã do Sentafria.

No início, ele não era bem aceito no Dogolachan pois era membro da Panelinha do Bananal e nunca escrevia corretamente. Mas Batoré viu no Guerra uma pessoa de mente fraca e decidiu que iria usá-lo em seus planos mirabolantes. O primeiro feito do Guerra foi ter passado trotes para a casa da Lola Aronovich. Em um dos trotes, Guerra disse que era o Batoré quem estava falando, e segundo ele, a Lola ficou muito nervosa no telefonema. Em outro trote, Guerra imitou um traficante. Um desses trotes chegou a passar no Profissão Repórter da Globo em 2015, na mesma matéria onde entrevistaram o Batoré. No trote, Guerra fala "Vamos abater o porco, vamos te furar toda!".

Ele dizia no Dogolachan que frequentemente espancava a mãe e que já teria feito contrabando, além de considerar o Batoré um "parceiro do crime". Guerra também pedia constantemente ajuda em chans para se tornar um serial-killer superstar como o Charles Manson e alegava que jamais iria parar de jorgear na internet, pois é inimputável. Guerra também criou a página racista "Eu não mereço mulher preta" no Facebook e criou OCs que são compartilhadas até hoje em chans como "PERIGO! Área com alta circulação de negros. Cuidado com os possíveis assaltos". Enquanto Guerra administrava esta página, Kyo administrava a página "Apoiamos Patrícia Moreira contra a hipocrisia do Politicamente Correto" no Facebook, onde prestavam apoio para a torcedora racista do Grêmio que chamou o goleiro Aranha de macaco.

Página "Eu não mereço mulher preta"
Notícia sobre a página "Apoiamos Patrícia Moreira contra a hipocrisia do Politicamente Correto"

Nessa mesma época de 2014, Guerra começou a gravar vídeos jorges onde defendia o estupro e a pedofilia, se dizia nazista, racista, fascista e misógino. Defendia a ideia de que traps eram melhores que mulheres. Ele também tentou se inscrever no Big Brother Brasil.

Nessa época, Lola Aronovich começou a fazer publicações no seu tópico expondo as altas confusões que os dogoleiros aprontavam no Dogolachan. Psy, que ficou com medo de voltar pra prisão, fez diversas alterações no Dogolachan. Uma delas foi a de trocar a data de postagem de 2014 para 1998.

Psy criou vários sites com notícias falsas, de que Lola que é uma professa da UFC (Universidade Federal do Ceará), estava envolvida em casos de plágio, onde todo um trabalho acadêmico foi copiado. Ele chegou a divulgar a notícia falsa em sites como Mídia Independente.

2015[editar]

Em 2015, Guerra teria brigado com Batoré após o gordinho começar a banir suas threads esquizofrênicas, que consistiam em dizer que amava travecos e que todo homem deveria dar o cu pois faz cagar grosso, que Coca-Cola deixa a merda quente, que Yakult com limão proporciona habilidades regenerativas, que negros são superiores e que passar shampoo nos pelos do pau é um ato de higiene honrado. Guerra começou a fazer estas threads pois os dogoleiros não davam mais uma foda para as suas threads de redpill contra os judeus. No mesmo ano, ele também foi banido do /firechan/ por Kyo depois de uma briga que tiveram. Kyo considerou o Guerra como um pilantra e falso-amigo depois que Guerra se encontrou com a Castora no Rio de Janeiro. Guerra disse que fez sexo com ela e chamou o Kyo de "Cuckyo".

Guerra e Castora (1)
Guerra e Castora (2)

Mais tarde, Guerra criou o /kriegchan/, sua board autista no 8chan.

Guerra chegou a se juntar a Wallace de Jesus Barroso para passar meses floodando o Dogolachan com traps e CP. O Batoré teve que banir o provedor inteiro da Claro para prevenir as raids.

Kyo parece ter tido um breve envolvimento online com Castora (Julia Busse), usuária carioca do Dogola, em algum momento entre 2015 e 2016. Kyo forneceu o nome falso de Bryan para sua "webnamorada", que ele chamava apenas de "J.", e disse a ela que morava em São Bernardo do Campo.[1] Isso causou a confusão com os nomes descrita acima.

Castora no Dogolachan, na sua fase misândrica, relatando de forma sardônica suas experiências com Kyo e Gustavo Guerra

Segundo relatos, Castora seduziu Kyo com segundas intenções. À época, ela nutria um ódio de homens pois seu namorado a traía com prostitutas, então um dos objetivos dela era provar que Kyo não era misógino e que a misoginia não era real. Quando ele já estava caidinho, Castora começou a praticar bullying contra ele, pegando prints dele se humilhando, dando-lhe o apelido de Cuckyo e Cornyo, chamando-o de "pardo burro" e inclusive induzindo-o ao suicídio, tendo quase comprado para ele um exit bag (saco plástico para suicídio com asfixia e gases). Esse bullying durou cerca de 18 meses. A certo ponto, Castora fez Kyo revelar sua identidade e gravar certos vídeos. Em decorrência disso, Psy, o então dono do Dogola, acabou brigando com Kyo e o expulsando definitivamente do fórum. Kyo também brigou com Gustavo Guerra.

Kyo se tornou suicida e continuou assim por anos, tendo fundado um grupo suicida no Facebook que levou à morte de três pessoas.

Blog criado pelo Psy, com o nome do Cauê.

Psy criou diversos blogs no Wordpress com ódio a mulheres, judeus e negros sob o nome do hitmonkey pelo lulz,[2][3] além de direcionar alguns blogs para o endereço do 55. Isso fez hitmonkey rir da situação e não fazer nada para tirá-los do ar. Mas como tudo chega aos ouvidos da Polícia Federal, uma matéria divulgada na Rede Record fez o hit temer pelo cu. Como o MPSP passou a investigá-lo,[4] ele teve que derrubar o 55ch imediatamente, porque iria dar merda para ele se as autoridades vissem a caralhada de anões underages falando jorgice no site hospedado por ele. Depois disso, passou a administração para outros moderadores que moveram o chan para um outro domínio debaixo de 7 proxies, além de gravar entrevista chorando alegando ser inocente.

Foi um sucesso.

Ele diz que a sua vida foi destruída, provavelmente por uma feminazi que mandou ele tomar no cu, e que ele já entrou em depressão por causa disso. Cauê estudava Engenharia Química na Unesp de Araraquara, mas saiu em março de 2015, pouco depois dos ataques. Ingressou na UFPR pouco depois, no curso de Ciências da Computação em Ponta Grossa - PR.

Não estudei com essa pessoa, nunca vi essa pessoa pessoalmente, nunca... Ela nunca fez parte, assim, mesmo da minha vida.

—Cauê, a respeito de Psy

Entre julho e agosto do mesmo ano, Robson Otto Aguiar publicou uma série de entrevistas com Emerson em seu blog e seu canal no YouTube.[5] Em uma delas, Emerson afirmou ter sido alvo de fraude e perseguição pela quadrilha liderada por Psy. As postagens foram suficientes para que o blogueiro se tornasse uma vítima da quadrilha, que atribuiu a ele uma série de postagens do infame blog do Tio Astolfo (outro blog similar ao do Silvio Koerich). Ele chegou a receber ameaças de morte de muita gente indignada que acreditou que ele realmente fosse o responsável pelas postagens jorges, o que se agravou com uma reportagem no R7 afirmando que ele foi o verdadeiro autor do blog (razão pela qual ele foi obrigado a acionar a justiça). Seus dados pessoais foram divulgados no blog em que desafiou a polícia, mas depois o blog foi tirado do ar. Consequentemente, a casa de Fabiana em Colombo (interior do Paraná), onde Emerson também residia,[6] foi depredada por uma multidão furiosa, como relata Coelho em um áudio enviado para ele.[7]

editar
No dia 11 de setembro de 2015, Emerson, Psy e Ivandro Biscaia (segundo outras fontes, o terceiro homem era Coelho, mas Emerson diz que Coelho estava nos Estados Unidos) viajaram de carro de Curitiba até o Rio de Janeiro. Emerson cedeu o seu Astra para a viagem e dirigiu e Marcelo pagou a gasolina. Como Emerson corria muito com o carro, Marcelo acabou vomitando nas costas de Ivandro, que teve que mudar de lugar.

Emerson tinha dito aos dois que ele só iria ao Rio para tirar o visto de seu passaporte, mas em algum momento depois, Marcelo descobriu que Emerson na verdade pretendia ver o então deputado federal Jair Bolsonaro num encontro que já estava marcado para o dia seguinte. Irado com a descoberta, Marcelo a contou para Ivandro e os dois resolveram se vingar secretamente: segundo rumores, descobriram o telefone da equipe de Bolsonaro e um deles (provavelmente Marcelo) informou aos assessores do então deputado tudo sobre o passado negro de Emerson, tendo inclusive pedido para pesquisarem o nome dele no Google. No entanto, Emerson diz que ele chegou falar no telefone com Bolsonaro ao lado de Ivandro Biscaia.

No dia do tal encontro, Bolsonaro não quis receber Emerson, para o seu desapontamento. Tem uma entrevista onde o Bolsonaro reconhece isso, mas não diz o nome do Emerson, mas apenas "o sujeito lá de Curitiba, acusado de pedofilia". Enquanto isso, segundo Emerson, Psy teria ido se encontrar com um comparsa chamado Kurt. Emerson e Ivandro voltaram para Curitiba de carro, enquanto Batoré voltou de avião com a passagem paga pela equipe do Bolsonaro. Ivandro pensava que Batoré estava do lado de Emerson, mas Emerson afirma que foi justamente naquele dia que a guerra entre eles começou de verdade.

Quando o Felipe Neto postou o fatídico vídeo dos chans (13 de setembro), Marcelo redirecionou a home do Dogolachan para o vídeo do Emerson na Índia. Emerson ficou pistolaço e começou a perseguir Marcelo pelas ruas de Curitiba, ficava em frente à casa dele, etc., sempre gravando aqueles vídeos retardados dele. Irritado com a perseguição, Marcelo revelou pra ele o que tinha feito na viagem ao Rio de Janeiro: que ele e Ivandro fizeram com que Bolsonaro não quisesse se encontrar com Emerson, além de mostrar o vídeo que fizeram falando mal de Izabella (a filha do Emerson). As revelações foram o estopim da nova briga entre Emerson e Marcelo, dessa vez envolvendo também Ivandro. Eles ficaram de mal e viraram inimigos mortais de novo. Desde então, a dupla dinâmica das jorgices nunca mais se falou.

Emerson, visivelmente mais rechonchudo, e Marcelo no Bar do Alemão em Curitiba em 2015. Segundo ele, estava fingindo ser amigo para coletar informações do Marcelo (um false flag, como ele diz)

Em novembro, passaram a circular na internet fotos, provavelmente tiradas em outubro, mostrando Emerson e Marcelo juntos pela primeira vez desde a prisão em 2012, no Bar do Alemão em Curitiba. Uma delas mostra Marcelo fazendo a saudação nazista. Em outra, Emerson e Marcelo aparecem juntos com "Coelho" (José Guilhermes Fernandes Zaccarini) e também fora do bar sorridentes. Na época, Marcelo tinha ido morar em Curitiba e até deu o seu PS3 para o Emerson. Até o surgimento das fotos, muitos acreditaram por mais de dois anos que a dupla não se falava desde que foram presos e que por isso se tornaram inimigos mortais, tendo cada um seu advogado de defesa. Alega-se que Coelho pode ter sido o responsável pela reaproximação da dupla ou que eles simplesmente fingiram que estavam brigados para cair fora da cadeia. Emerson afirma que esse encontro foi um false flag em que ele fingiu uma reaproximação a Marcelo para poder ganhar sua confiança e coletar informações para ferrá-lo depois. Inimigos e antigos seguidores de ambos aproveitaram esta oportunidade e usaram as fotos deles juntos no Bar do Alemão para atacar a dupla e afirmar que a briga entre eles é uma farsa.


Nessa época, após ver as fotos de Emerson junto com Marcelo, Robson Otto Aguiar se sentiu enganado por Emerson e rompeu todos os vínculos com ele. Ao saber do rompimento, Emerson passou a atacar Robson.

No mesmo ano, em outubro, Marcelo passou em um concurso público para o Banco do Brasil Tecnologia e Serviços (antiga COBRA) na 11ª posição, em São Paulo.[8] Boa, Psy. (Obs.: Segundo boatos, ele invadiu o servidor da banca e copiou o gabarito.)

Ainda em outubro, a R7 fez uma matéria sobre o Psy e chegou a fazer diversos telefonemas para a casa da mãe dele, Rosita Moreira Valle, que defendeu ele. Ela só atendeu um dos diversos telefonemas.

Ele não tem essas ideias. Ele foi forçado. Foi um exagero, ele acabou sendo vítima de acusações levianas. Ele já pagou a pena dele à Justiça. Ele está em liberdade, estudando Direito e levando uma vida normal.

Em setembro, Psy criou o blog Lola Escreva Lola (que é Escreva Lola Escreva ao contrário) em que ele defendia o aborto apenas para crianças do sexo feminino, a queima de bíblias e a castração de pênis para homens, tudo no nome da Lola Aronovich. Uma das publicações mais bizarras é uma onde o Psy narra, como se fosse a Lola, um aborto que ela realizou na aluna em meio a aula na Universidade Federal do Ceará, na publicação ainda tinha uma imagem da Lola realizando um aborto, que obviamente era uma montagem feita por um dogoleiro.

O blog conseguiu viralizar na internet depois de que um dogoleiro criou um perfil falso no Twitter, se passando pela Lola para xingar o Danilo Gentili, o Roger da banda Ultraje a Rigor e o Olavo de Carvalho. Em seu perfil, tinha o blog falso anexado. Olavo e Roger divulgaram o blog no twitter pedindo para que seus seguidores fizessem denuncias contra ele e a Lola.

Em dezembro de 2015, Psy foi alvo dos jornalistas do programa Profissão Repórter da Rede Globo. Nas imagens exibidas pela emissora, o repórter fez perguntas incômodas a ele sobre a Lola, que Psy logo chama de louca. Apesar de apertar a mão do repórter com uma expressão confusa, Psy logo muda de postura e exige que a equipe pare de o seguir e, como não param, parte para aos berros e ameaça de agredir. Numa manipulação e edição de imagens, a narração da emissora diz que ele agrediu o repórter e o cinegrafista do programa, apesar das imagens mostrarem o contrário: a equipe se afastou.[9] Antes de levar o programa ao ar, a equipe foi ao Dogolachan para ver a reação dos dogoleiros. Mas o verdadeiro motivo foi para comprovar que o Psy era o dono do site, pois "só ele" poderia ter postado sobre a entrevista. Psy especulou (corretamente) que a Lola o fez aparecer na TV para tentar mandá-lo de volta para a prisão, mas mesmo assim a vontade de chamar atenção foi mais forte e ele caiu na armadilha.

Se eu for, eu vou sair logo logo. Em um ano eu tô na rua de volta.

—Psy em 2015, ao ser perguntado se tinha medo de ser preso de novo.

2016: O dia que todos pensavam que os chans brasileiros iriam morrer[editar]

Ryan Cangaceiro

Em 2016, surge um novo personagem chamado Ryan Cangaceiro, um nordestino que gerou bundadoída nos dogoleiros por attwhorar demais como Avatarfag de Mega Man. Os dogoleiros imploraram para Psy banir Ryan, mas antes de Psy tirar qualquer conclusão sobre o sujeito, ele disse que Ryan deveria fazer algo pelo chan. E Ryan fez, ele gravou um vídeo falando que era um filho abandonado da Lola Aronovich.

Olha quem postou...

Ele ainda gravou um vídeo xingando os ateus e dizendo que todos deveriam ser preso, o vídeo viralizou no Facebook e foi citado por Felipe Neto em um vídeo.

Em 9 de setembro de 2016, segundo Emerson, Psy se encontrou com Bolsonaro para discutir a criação do BolsoCoin, uma criptomoeda homenageando o então pré-candidato à presidência, usada no Dogolachan e na deep web como forma de pagamento para crimes cibernéticos.

Veja mais do mesmo em BolsoCoin
Em 2016, Mallone Morais, um usuário do Dogolachan, gravou uma série de vídeos de cunho pedófilo que viralizaram na Internet. Ele falou, entre outras coisas, que adorava pornografia infantil e que todo pai devia iniciar sexualmente sua filha.

Em 13 de setembro de 2016, Felipe Neto, um dos youtubers mais populares do Brasil, fez um vídeo-denúncia chamado "O PEDÓFILO (O QUE VOCÊ NÃO SABE)", em que ele fala que Mallone é ligado a chans, explica o que são os chans e como são as pessoas que os frequentam, além de pedir para que seus inscritos (crianças mongoloides) floodassem os três principais chans da época: Brchan, 55chan e Dogolachan, coisa que eles de fato fizeram. Em 2018 ou 2019, Felipe colocou a tag [+13] no título do vídeo e colocou restrição de idade (necessitando de cadastro no site para assistir). Pouco depois, no final de 2019, mudou a tag para [+18] (autoexplicativo). Um pouco depois disso, os comentários do vídeo foram desativados.[10][11] Como o flood incitado por Felipe afetou o Dogolachan, GOEC apareceu lá, na época usando o codinome de "Doxxingfag", e ajudou Psycl0n a foder com todas as crianças que estavam floodando. GOEC pegou todos os dados e as inscreveu em sites de pornografia. Psy colocou os IPs da criançada em logs de CP e fez quem acessava o link do Dogolachan pelo vídeo do Felipe Neto entrasse em um site de pornografia. Após receber ataques e críticas pela merda que causou, Felipe se defendeu, dizendo que na época o canal dele não tinha como público principal as crianças, mostrando um print das estatísticas onde menos de 1% eram crianças (desconsiderando a possibilidade de mentir a idade).[12]

Veja mais do mesmo em GOEC

GOEC anunciando o que planejava fazer com a Lola

Ainda em 2016, GOEC enviou um e-mail para a reitoria da Universidade Federal do Ceará, onde Lola Aronovich leciona, prometendo colocar uma bomba com 300kg de TATPWikipedia's W.svg, com isso, o Dogolachan passou a ser investigado pela Polícia Federal. Na época, achavam que GOEC era na verdade o próprio Psy, por ter chegado do nada e comprado briga enviando e-mails com ameaças para várias advogadas da Lola. Segundo GOEC, ele teria se juntado ao Dogolachan e ao Psy para foder a Lola pois "queria fazer justiça".

GOEC também enviou diversos emails e fez vários telefonemas para PFs, explicando a treta de Psy e do Dogolachan, esperando que os PFs fossem se simpatizar com o Dogola e assim iriam virar dogoleiros. Não deu em nada, só o que deu foi vários PFs ameaçando matar o GOEC e xingando ele de filho da puta, arrombado e pau no cu.

No segundo semestre de 2016, Kyo voltou ao Dogolachan como moderador, mas em dezembro, os dois acabaram brigando novamente pois Psy já estava de saco cheio da viadagem do Kyo que consistia em criar todos os dias threads sobre a sua tristeza e sobre quanto ele quer se matar. Marcelo o trocou por Technomage na moderação. Puto com tudo isso, Kyo criou o /firechan/, uma board do 8chan, reunindo seus próprios seguidores. Kyo sonhava em criar um chan com endereço próprio para bater de frente com o Dogolachan, mas nunca conseguiu pois era pobre e não tinha dinheiro para pagar a hospedagem e o domínio. Kyo chegou a fazer diversos bicos (alguns como servente de pedreiro), mas não conseguiu dinheiro suficiente. Claver Moraes (outro pobretão) encheu o saco de diversas empresas em Penápolis para que contratassem o Kyo, mas não deu em nada.

Embora ninguém tenha dado uma foda, Kyo tinha diversos vídeos em que falava as merdas que tinha na cabeça, além de um suposto blog que tem apenas uma publicação.

Kyo tentou webnamorar uma otaka espanhola conhecida como TDR7u7, que gravava vídeos dançando e cantando, mas foi rejeitado.

Guerra ainda tentou uma fracassada carreira musical, sob o nome artístico de Mazzini Magnum. Lançou 10 faixas em seu SoundCloud, todas ruins. As rimas são pobres, muitas fora de ritmo; a batida é repetitiva e a voz gravada em baixa qualidade.

As faixas em freestyle podem reduzir o QI de quem ouve, cumprindo apenas um objetivo humorístico.

Ele ainda tem alguns raps gravados em um canal no YouTube intitulado "El Guajito" , quase todos se exaltando e falando contra o Psy.











Em 16 de outubro de 2016, Emerson chegou em Dallas e algum tempo depois ao Chicago (ambas cidades nos Estados Unidos). No final do mês, após algum tempo depois de chegar em Chicago, ele fez live diretamente pelo Facebook pra anunciar ter chegado aos Estados Unidos, o que surpreendeu seus seguidores, haters e curiosos na internet ao anunciar que estava nos Estados Unidos para pedir asilo político, sob alegação de que estava sendo perseguido pela esquerda e a falsa direita no Brasil. No entanto, de acordo com sua conta antiga do Facebook, hoje suspensa, ele tinha chegado em Las Vegas em 16 de novembro, alguns dias antes.[13] Lá, ele ficou num hotel caríssimo.

Camila e Vanessa num estacionamento.

Em novembro, Psy ficou sabendo que Emerson estava nos EUA e entrou em negação, ficando em looping dizendo que eram montagens e mentiras, demorando três dias para sair desse surto e voltar à realidade. Nessa época, ele estava morando novamente em Curitiba no Condomínio Ideale Residencial com duas irmãs putas: Camila e Vanessa Bathke. Algumas vezes, vídeos com as peripécias de Psy com elas eram publicados no Dogolachan, um dos quais mostra Psy fazendo sexo com uma das duas.[nota 1]

Em 2016, GOEC, supostamente, conseguiu hackear o Google Drive de Ricardo Wagner Arouxa e obteve um vídeo dele transando com um travesti. O vídeo atualmente se encontra no XVideos.

2017: Ataque das impressoras[editar]

Emerson em Chicago em 2017, antes de ser enviado para o centro de imigrantes/penitenciária.

Em 3 de janeiro de 2017, Emerson mudou-se de Las Vegas para Chicago[13][14] e, um mês depois no dia 3 de fevereiro, foi a Boston.[15] Ele tentou se casar com uma mórmon para conseguir o Green Card, mas desistiu ao descobrir que ela tinha ficado com um imigrante mexicano ilegal.

Uma vez, Emerson foi se encontrar com uma advogada chamada Tia Hailwood (ele queria ajuda no seu caso de asilo) na perigosa zona sul de Chicago. Emerson andava com o peito estufado e cabeça alta e um negro veio para cima dele. Uma patrulha de fronteira parou lá e prendeu o agressor. Na volta, ele entrou numa outra rua e quatro ou cinco negros foram para cima dele. Ele acelerou a caminhonete e foi embora, sentindo que eles atacaram o veículo. Emerson ia muito ao norte de Chicago, onde havia muitos polacos e ucranianos, para buscar uma mulher branca, mas desistiu porque viu que as brancas americanas eram ou muito degeneradas ou muito tímidas.

Nas primeiras semanas de 2017, um áudio atribuído a Emerson falando sobre Zaccarini começou a circular nos chans e provocou grande polêmica. Ele falou em querer estabelecer paz com seu desafeto e que, em troca, seu advogado Gogola "daria sumiço" nos diversos processos sob investigação em que é citado. No entanto, essa tal paz nunca aconteceu e eles voltaram a brigar.

Desde que começou a viajar pelos Estados Unidos e morar em diversos endereços pelo país, passou a fazer vídeos ao vivo (que na época ainda não eram chamados de lives) denunciando a esquerda e a falsa direita no Brasil. Isso incluiu difamar e xingar (e muito) Jair Bolsonaro. Suas ofensas também foram direcionadas a Olavo de Carvalho. Ele chegou a dizer que invadiria a residência do ex-astrólogo, que também morava no país, como também de líderes da esquerda como Jean Wyllys.

Nessa época, tentou aproximar-se do blogueiro brasileiro Julio Severo, um ativista pró-família e conservador que havia deixado o Brasil em 2009 por causa de perseguições de ordem jurídica e política. De acordo com postagens do próprio blogueiro nas redes sociais, foram duas vezes que Emerson propôs encontrar-se, mas Julio recusou o convite ao pesquisar e saber de seu passado duvidoso (talvez por evitar que acontecesse a ele o mesmo que aconteceu a Robson Otto Aguiar). Com a recusa, passou a fazer ameaças e acusações (o mesmo modus operandi de sempre) ao gravar dois vídeos contra Julio Severo. Seguidores de Emerson nas redes sociais se revoltaram com essa atitude, decidindo deixar de segui-lo, lhe rendendo ainda mais desafetos dentro e fora da internet.[5] Emerson atacou Julio Severo, que ele acredita ser homossexual, por promover o livro The Pink Swastika de Scott Lively, que relata homossexualidade no partido nazista. Emerson, que diz que sempre foi um "entusiasta do heterossexualismo", diz rejeitar essas ideias, citando esse artigo como evidência contrária.

Em março, Emerson sabotou a viagem de Psy do Brasil para Auckland, Nova Zelândia, com escala no Chile (supostamente a férias, mas segundo Emerson, Marcelo estava tentando fugir do Brasil). Christina "Chris" Storrer Clark, amiga de Emerson, fez denúncias para as autoridades chilenas e neo-zelandesas, o que fez Psy ser barrado no aeroporto no Chile e se enfurecer com o desafeto após descobrir o ocorrido.

Em maio, morando em Illinois, Emerson entrou com uma denúncia nos Estados Unidos contra Coelho, relatando que ele estava ameaçando de morte Emerson e sua família.[16]

Típicas ameaças que a dupla dinâmica Kyo e GOEC fazia

Junto a GOEC, Kyo mandou vários e-mails de assédio e ameaças de estupro para Camila "Cah" Oliveira, professora universitária de Rio Verde, Goiás mencionada com frequência no blog da Lola à época, aparentemente sem nenhum outro motivo. Tudo pelo lulz.

Kyo e Emma Müller, que até então eram amigos e viviam conversando sobre suicídio no Wickr, acabaram brigando após Kyo descobrir os tweets de Emma onde ela xingava o Kyo de pardo, fracassado e cuckold junto da Castora e Morga Dias. Kyo tinha recebido vários nudes da Emma que até então só estavam sendo compartilhados em panelinhas do Facebook, ele então decidiu postar os nudes em chans, chegando a postar no Firechan pinando a thread. Ele também postou no Dogolachan e o Psy pinou a thread no /b/. Os nudes e o vídeo da Emma fazendo boquete então rapidamente se espalharam na internet, chegando a aparecer em diversos sites e blogs de "Caiu na Net", como no do Junior Paganinix.

Emma ameaçou abrir um B.O. contra Kyo, mas em vez de fazer isto, ela fez um false flag junto de sua mãe. Sua mãe publicou por ela no Facebook que Emma teria se suicidado, e chegou a postar a carta de suicídio dela que citava os chans, depois confirmou que a garota realmente tinha se matado pelo WhatsApp. A máscara caiu quando foram procurar por obituários no tribunademinas.com.br, descobrindo que nenhuma Carolina havia morrido em Ubá nos últimos cinco dias. Antes disso, GOEC teria feito inúmeros telefonemas para a casa de Emma, sempre perguntando à mãe dela se ela realmente estava morta. Emma caguetou Technomage, admitindo que foi ele quem a induziu a fazer este false flag. Kyo também confirmou, dizendo que depois Technomage teria o chamado pedindo para que ele fizesse o mesmo false-flag de que se suicidou.

Kyo também teria começado a se drogar com rapé, por não ter dinheiro o suficiente pra comprar cocaína e speed. Em 2017, Batoré, Sentafria e Kyo atrelaram o Guerra em blogs no WordPress defendendo o estupro e a pedofilia em seu nome, um dos blogs se chamava "O Aiatolá do Nazismo". Kyo também criou contas falsas se passando pelo Guerra no Facebook para atacar feministas e pessoas do movimento negro. Guerra chegou a abrir um B.O contra o Batoré e o Kyo.

B.O. que Guerra abriu contra Psy e Kyo

GOEC e Psy hackearam impressoras e fizeram ameaças para diversas empresas em nome de Lola Aronovich.


Dogoleiros sugerindo atrelar Lola ao ataque das impressores

As ameaças, porém, não foram levadas a sério. Não tiveram repercussão na mídia e só obtiveram uma resposta de um cara mandando os dogoleiros se foderem.

Depois do ataque das impressoras em maio de 2017, mesmo ainda rolando a treta de Kyo e Psy, Kyo deixou que Psy usasse novamente o /firechan/ como a board reserva do Dogolachan, isto quando Psy tirou temporariamente o Dogolachan do ar e foi para o Firechan junto dos outros dogoleiros para continuar a saga.

Psy no Dogolachan

Na manhã do dia 27 de maio, centenas de impressoras nos EUA receberam falsas ameaças de bombas em nome de "Emerson Eduardo Rodrigues Setim", acionando esquadrões antibombas e causando grandes prejuízos em feiras de agricultores. Os channers brasileiros atribuem a autoria das ameaças a Psycl0n e seu bando, que teriam se aproveitado de uma falha técnica nessas impressoras e a usado para encaminharem as ameaças em nome de Emerson em um trote informático. Foi a partir daí que Emerson começou a ter problemas no país, onde tentava reconstruir sua vida, quando começaram a surgir denúncias de outros crimes.

No dia, Emerson ligou para os agentes para informá-los que ele não era responsável e que estavam tentando incriminá-lo. O agente Kevin Stoll teria dito "Emerson, first of all, please keep safe, okay?". Eles marcaram de se encontrar Chicago e conversaram. O agente Brian Rafferty, parente do cantor Gerry Rafferty,[nota 2] disse que se Emerson estivesse por trás dos ataques, nunca mais veria a luz do sol novamente. Emerson foi inocentado pelo juiz Samuel Coole no dia 21 de julho de 2017 e deferiu sua partida voluntária, mas Emerson ainda estava sob investigação. Ele pediu para ser enviado ao Brasil under safe guard, tanto que dois agentes do Serviço Secreto entrariam com ele no Brasil.

Print da prisão.

Após este inusitado trote, Emerson parou de fazer postagens e vídeos nas redes sociais e em menos uma semana, no início de junho, suas contas desapareceram (tendo sido suspensas ou tiradas do ar pelo próprio usuário),[5] com a exceção da conta "Emerson Eduardo Rodrigues", que está no ar até hoje, porém desatualizada, após conseguir mais de 2000 seguidores. Como ele praticamente sumiu da internet sem deixar rastros, surgiu uma avalanche de fake news nos chans sobre o que teria acontecido.[5] Surgiram boatos de que ele estaria preso, pois, de acordo com o Reddit, ele tinha sido preso antes do dia 3 de junho, na cadeia de Pulaski Country Jail[17] que pode ser vista aqui.

De acordo com as denúncias, ele teria praticado golpes e estelionatos em diversas cidades americanas contra imigrantes brasileiros que viviam legalmente,[18] o que desmancharia suas alegações como asilado político no final de 2016.[nota 3][5] Na época, especularam que Emerson estava com seu visto vencido, mas posteriormente ele mostrou que seu visto só expira em 2026, para desmentir as especulações.[19][20]

Em junho de 2017, seu nome foi alvo novamente de mais uma trollagem, desta vez usado para "ideia legislativa" feita pelos cidadãos brasileiros ao site do Senado, usando nome dele como senador do Paraná com objetivo de aumentar os impostos dos games de 72% para 142% no Brasil. A proposta precisaria de 20.000 apoios e ser exibida até o dia 8 de setembro e alcançando esse número, ela se tornará uma Sugestão Legislativa e seria debatida pelos senadores. Os trolladores inventaram que "foi proposta pelo Senador Emerson Eduardo Rodrigues" e a sua justificativa: “Video-games são um luxo da nova classe média no país. O mercado de jogos em 2011 movimentou R$ 1 bilhão, na época equivalentes a US$ 500 milhões. Com a tributação, os jogos poderão pagar três meses de bolsa-família para o país inteiro, pois pobres também precisam comer.”, diz o site.[21][22] Apesar da proposta ser mais uma trollagem para "ideia legislativa" feita pelos cidadãos brasileiros que aparece desta vez usado ao site do Senado, desta vez teve repecussão nas redes sociais e muitos caíram na pegadinha, os gamers passaram atacar o senador fictício. Até ser tirada do ar, a proposta fake tinha menos de mil apoios.

Em 15 de agosto, o blogueiro Robson Otto Aguiar publicou em seu blog que Emerson estava preso há três meses nos Estados Unidos.[5][23] O blogueiro não informou como obteve esta informação, mas suspeita-se que a recebeu de uma fonte anônima que monitora ações da quadrilha que difama famosos na internet.[23] No início, ele estava na cadeia Michenry Country Adult Correctional Facility e depois foi transferido para a Kankakee Country Jail,[23] além de ser transferido para outras cadeias em diversos condados (equivalente aos municípios americanos).[18]

De acordo com o blogueiro, o autoproclamado selfmade man tinha sido preso "há três meses" por autoridades americanas ligadas ao ICE (U.S. Immigration and Customs Enforcement), uma autarquia federal criada após os ataques do 11 de setembro que combate a imigração ilegal no país (o que supõe que ele fora preso por imigração ilegal) e citando as duas cadeias americanas em que ele esteve (havendo as transferências por conta de ter cometido outros crimes de imigrar ilegalmente).[23][18]

O mais irônico nesta prisão: o presidente Donald Trump, por quem Emerson nutria admiração, estava determinado em reprimir a imigração ilegal, acabar com imigração descontrolada e expulsar os ilegais no país, provocando uma queda de pessoas que tentavam entrar ilegalmente através do México, para o desespero dos coiotes e a mídia pró-imigração.[nota 3]

"Still Proudly Trump Supporter", diz ele.

No final de setembro de 2017, após cumprir pena de quatro meses de cadeia por imigração ilegal e supostamente por ter enganado brasileiros e autoridades americanas, ele teria sido expulso do país e proibido de voltar lá por cinco anos (2017–22). Emerson, no entanto, alega que não foi expulso, mas que saiu do país voluntariamente. Para corroborar com sua alegação de saída voluntária, ele apresenta um documento com o título de "Voluntary Departure", que certificaria que ele teria decidido ir embora do país por conta própria, e não por ter sido forçado a isso. O documento limita sua saída do país para o dia 30 de setembro de 2017 no máximo.[24][5][nota 3][nota 4]

Para explicar seu sumiço nas redes sociais, disse ter ajudado autoridades americanas (incluindo o FBI) a denunciar o crime organizado infiltrado na política brasileira, com conluio das autoridades judiciárias e políticas, além de alegar que tinha sido julgado e declarado inocente no país. Ele teria se encontrado com o investigador T. Todd Tumbleson e apresentado provas. Voltou às redes sociais (YouTube, Twitter e Facebook) fazendo vídeos difamando e acusando a esquerda e a direita de diversos crimes, denunciando o Dogolachan, e reafirmando a sua defesa da intervenção militar no Brasil.

Em dezembro de 2017, GOEC criou o Rio de Nojeira, um blog cheio de jorgices que tinha o mesmo nome de um site de denúncias do Rio de Janeiro.

Banner do site

Suas postagens incluíam apologia a racismo, pedofilia, misoginia, genocídio e violência, tudo escrito em nome de Ricardo Wagner e do youtuber Izzy Nobre, ambos desafetos de dogoleiros. O acesso ao site gerava MONERO (XMR), dinheiro criptografado e não rastreável, aos criadores, utilizando a ferramenta CoinHive.

Ricardo Wagner Arouxa

Ao final de janeiro de 2018, o site foi alvo de ações da Polícia Federal e bloqueado em provedores como NET Virtua conforme uma ordem judicial, decisão inédita na história da internet no Brasil. Devido à tamanha incompetência dos envolvidos, acabaram bloqueando outros 28 milhões de sites junto, incluindo o pastebin.[25]

Banner falso declarando a apreensão do site pela Polícia Federal

Entre 25 de janeiro e 1 de fevereiro, o conteúdo do site foi substituído por um banner (foto ao lado) comunicando apreensão pela Polícia Federal e colocando uma foto de Wallace de Jesus Barroso como se fosse o dono. Logicamente o banner é falso, uma vez que a polícia não colocaria o autor do site exposto dessa forma.

2018: Emerson vai pro exterior, Marcelo é preso, Kyo se mata e o Dogolachan tem seu fim[editar]

Emerson com Rita Ligesky

Após chegar no Brasil dos EUA ao final de setembro de 2017, Emerson começou a usar um site de relacionamentos onde conheceu Rita Hilgemberg Ligesky, 49 anos, uma professora de educação física divorciada da rede pública de ensino com dois filhos policiais e com olhos claros. Eles combinaram de se encontrar em Ponta Grossa. Eles tiveram um bom relacionamento e um caso logo no primeiro dia. Rita convidou Emerson para passar férias com ela no Rio de Janeiro, onde eles passeavam nas praias direto e continuavam tendo relações sexuais.

Em outubro, Emerson conseguiu empregos em empresas de telefonia móvel, porém por curto tempo. Nessa época, Emerson estava sendo atacado por Marcelo e contou a situação para Rita. Segundo Emerson, Rita sugeriu um plano para acabar com Marcelo e lhe apresentou seu sobrinho Cléber Ligieski, policial militar em Curitiba. Ainda segundo Emerson, ele e Cléber marcaram uma pizza na casa de Rita, onde Cléber falou que havia um grupo de extermínio no aquartelamento do portão que poderia acabar com Marcelo (isso estaria registrado em conversas de WhatsApp, as quais Emerson posteriormente denunciaria para o MPF e o GAECO).

Psy depois de apanhar do antifa maluco.

Em janeiro de 2018, conforme planejado já antes, o "judeu da seringa" se encontrou com Emerson em Curitiba e eles planejaram atacar Marcelo na rua para lhe dar uma injeção de insulina e provocar um choque anafilático. O ataque ocorreu; no entanto, como o agressor aplicou a insulina no pescoço em vez da barriga, Marcelo sobreviveu e relatou o caso de agressão no Dogolachan. O caso repercutiu no Dogolachan após Lola Aronovich twittar dizendo que Psy havia mentido. Após isso, Cléber Ligieski deu com a língua nos dentes e contou toda a história para Marcelo e para José Ligieski, irmão de Rita e professor de história e espanhol. Eles então armaram uma situação onde tiraram Emerson da casa de Rita uma semana antes do casamento marcado deles. Eles obrigaram Rita a não casar com Emerson por ele ser um anticomunista (e eles serem uma família de comunistas).

Em 14 de março de 2018, Marielle Franco foi assassinada. Após isto, o Dogolachan comemorou sua morte. Alguns acreditam que o assassino de Marielle Franco era usuário do Dogolachan; um dos motivos apresentados é que em nenhum outro lugar da internet falava sobre ela a não ser no Dogolachan.

Por conta de dezenas de processos judiciais pendentes há anos, além de acusar indivíduos sem provas e virar um dos indivíduos mais odiados no meio político (tanto pela esquerda como pela direita), Emerson decidiu planejar a segunda saída do Brasil.[5] Em 20 de março de 2018, deixou o Brasil e se mudou para a Itália, se instalando em Roma (capital do país).[26] Exatamente um mês depois (20 de abril), deixou Roma e foi para Madri, capital da Espanha[27] (usando a mesma estratégia de pedir asilo que usou nos Estados Unidos).[5] No início, sobreviveu de empregos temporários, como trabalhar em restaurantes espanhóis e ser um limpador de neve em época de inverno espanhol (dezembro a março). Alguns channers o acusaram de aplicar golpes, como pedir 700 dólares para mandar um iPhone novo pelo correio e sumir com o dinheiro,[5] mas Emerson nega isso.


Em 10 de maio de 2018, Psy foi preso de novo.Em um vídeo postado no YouTube, filmado por um comparsa dele no país um dia depois da prisão (dia 11), Emerson aparece num restaurante nas Ilhas Baleares chamado Big Food comemorando a prisão de Marcelo e alegando que ele foi um dos responsáveis pelas denúncias contra seu rival.

Anúncio da prisão de Nhonho Psy no Jornal Nacional na noite de 10 de maio de 2018.
Banner pedindo a liberdade de Marcelo.

Enquanto Psy estava preso, ameaças foram feitas contra a Universidad Nebrija sob o nome de Emerson.[28] Emerson disse que as ameaças foram feitas por Psy, que teria acesso a celular mesmo dentro da prisão. Ele então denunciou o ocorrido ao MPF,[29] e disse que a polícia teria de fato encontrado um aparelho com Marcelo, e esse teria sido o motivo de sua transferência para o Presídio Federal de Segurança Máxima de Campo Grande (má conduta), a mesma penitenciária onde Fernandinho Beira-MarWikipedia's W.svg cumpre pena.

Marcelo foi condenado a ficar sob Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) por 360 dias. Nesse regime, fica 22 horas por dia dentro da cela, com as outras 2 horas para banho de sol. É o regime mais fodido pesado de todos.[30] Em 12 de junho, o juiz Marcos Josegrei da Silva, da Tribunal Regional Federal da 4ª Região, aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público Federal (processo nº 5024425.76.2018.4.04.7000) contra Emerson Eduardo Rodrigues, Gustavo Rizzotto e Marcello Mello, na qual os citados eram acusados por crimes de quadrilha ou bando (associação criminosa), contra o Estatuto da Criança e do Adolescente, por preconceito de raça ou cor, incitação ao crime e contra a ordem pública, ameaças às autoridades judiciárias no processo em andamento e terrorismo. Com isso, os citados pelo MPF nas acusações se tornam réus condenados pela Justiça, dos três mencionados, apenas Rizzotto e Mello estão presos e responderão aos crimes citados, enquanto Rodrigues passou ser oficialmente foragido pela Justiça (processo nº 5025463.26.2018.4.04.7000), já que deixou Brasil.[31]

Em agosto, três meses depois da prisão do "quadrilhão do Dogolachan", teve sua prisão oficialmente decretada e se tornado oficialmente foragido da Justiça brasileira, de acordo com rumores de channers e Robson Otto Aguiar,[32] e uma matéria do SBT interior, que alegam o mesmo. Robson mostra que uma matéria do UOL diz que o Ministério Público FederalWikipedia's W.svg (MPF) pediu a prisão de um dos supostos agressores de Carla Zambelli que mora na Espanha. Emerson, no entanto, nega ser um foragido. Estranhamente, apesar de estar fora, ele não está incluído na lista de brasileiros foragidos no exterior pela Interpol, o que reforça suspeitas obscuras e indignação dos que acompanham o caso, das vítimas e seus inimigos que querem sua prisão.[33]

No dia 19 de dezembro, sete meses depois de ser preso, foi condenado a 41 anos, 6 meses e 20 dias de prisão pelo juiz federal Marcos Josegrei da Silva, o que muitos consideram sua derrota final. Para piorar, ele ainda foi condenado a pagar 1 milhão de reais para "reparação de danos" e 678 de dias-multa (1 ano e 10 meses).[34] Camila e sua irmã não testemunharam a favor de Marcelo.

Psy foi condenado pelos seguintes crimes, alguns dos quais suspeita-se que nem tenham sido cometidos por ele mas sim por GOEC:

  • Associação criminosa: Por utilizar amplos conhecimentos em informática para associar-se a terceiros na intenção de praticarem crimes no ambiente virtual, como racismo, injúria, calúnia e difamação e incitação à violência, ao estupro, homicídio, lesão corporal e feminicídio;
  • Divulgação de pedofilia: Disponibilizar vídeos e imagens de práticas sexuais envolvendo crianças e adolescentes na internet;
  • Racismo: Cometer atos de racismo no ambiente virtual fazendo uso do anonimato e criar site falso em nome de uma desafeta, publicando em nome dela texto de cunho racista;[nota 5]
  • Apologia ao crime: Aproveitar-se do anonimato para incitar outros usuários a cometer delitos, "sempre com a certeza de que jamais se chegaria a sua verdadeira identidade" e criar site falso em nome de uma desafeta, publicando quatro textos em nome dela incitando os crimes de lesão corporal, estupro, pedofilia e ultraje a culto religioso;[nota 5]
  • Coação no curso do processo: Ameaçar de morte e revelar dados comprometedores do delegado da Polícia Federal (PF) responsável pelas investigações da Operação Intolerância;
  • Terrorismo: Enviar e-mails ameaçadores a um hospital de Brasília (DF), à embaixada dos Estados Unidos no Brasil e a várias universidades.[35][36]

Se não for inocentado, não receber nenhum indulto ou redução de pena e não escapar, só sairá da cadeia em 2048, aos 62 anos (considerando que a pena máxima para qualquer caso no Brasil é de 30 anos, mesmo se a condenação for mais longa).

Foto mais recente de Gabriela de Paula

Em 2018, Kyo passou a webnamorar com Gabriela de Paula, uma parda anoréxica de São Paulo que ele tinha conhecido em 2015 nas panelinhas que frequentava, onde ele postava sobre suicídio e depressão. Kyo chegou a contar sobre a sua treta com Castora e sobre seus pensamentos suicidas. Uma vez, Kyo pediu para que Gabriela o ajudasse a atrelar o Cabronnes, um cracudo paneleiro que estava webnamorando com Castora. Ele pediu que Gabriela se passasse por alguém interessada em um relacionamento amoroso com Cabronnes, mas depois mudou de ideia. Mesmo assim, Gabriela fez o que Kyo teria pedido anteriormente em segredo, na esperança de conseguir informações pessoais de Cabronnes para passar pro Kyo. Quando Kyo descobriu isto, ele acabou brigando com Gabriela e feito xingamentos e ameaças contra ela, então Gabriela teve que se afastar de Kyo. Segundo Gabriela, mesmo gostando de Kyo, ela e o Kyo brigavam constantemente por causa de qualquer coisa, mesmo coisas banais. Gabriela contou para Lola Aronovich que tudo o que queria era ajudar Kyo, isto quando Lola e seus seguidores estavam a difamando na internet. Alguns dos seguidores de Lola chegaram a chamá-la no Facebook e telefonar para diversos parentes seus, pedindo para que ela fosse internada, tudo isto porque webnamorou com Kyo na esperança de ajudar ele. Gabriela acreditava que se fosse legal com Kyo (já que ele acreditava que ninguém era legal com ele), o Kyo iria parar de ter pensamentos e ideias suicidas.

Kyo anunciando seu suicídio no Dogolachan.
Kyo - suicídio

A certo ponto, Kyo estava desgostoso da vida e já planejava seu suicídio, mas como todo bom anão recomenda, leve o gado junto, então ele não partiria sem cometer um actvm sanctvm. O plano supostamente era matar a Lola, incentivado por GOEC que quase abriu uma Vakinha online para doar dinheiro para que Kyo conseguisse pagar a passagem para ir até Fortaleza matar a Lola.[37] Kyo tinha parado de acessar chans quando Psy foi preso, e ficou 2 meses sumido da internet, mas em 16 de junho de 2018, ele saiu na rua em Penápolis, interior de São Paulo, e assediou duas garotas, que estavam sentadas em um banco. As duas, assustadas, se levantaram e resolveram se afastar. Nesse momento, Kyo sacou a arma e disparou contra Luciana de Jesus do Nascimento, acertando na nuca.[38] Kyo até tentou fugir, mas ao se deparar com uma viatura da polícia, deu um tiro no próprio peito e morreu.[39][40] Luciana de Jesus do Nascimento chegou a ser levada à Santa Casa de Araçatuba, onde passou por uma cirurgia para remover os fragmentos de bala que estavam alojados, mas não resistiu. Faleceu no dia 5 de julho de 2018.[41]

Montagem de Kyo como personagem do game de FPS em primeira pessoa Doom

O seu Actvm Sanctvm gerou uma enorme revolta no Dogolachan contra Castora e Technomage, que já eram odiados. Gringos comemoraram o Actvm Sanctvm de Kyo em um fórum americano para incels.

Kyo - incels

No 55chan, anões comemoraram o suicídio de Kyo em uma thread pinada no /b/, com a música "Ritmo de Festa" como tema da thread. Como se não bastasse a perda e a mídia, a família do Kyo também teve que lidar com os trotes. Após a notícia do suicídio de Kyo, Breno Alves gravou um vídeo sobre e ameaçando a Lola Aronovich. Esse vídeo chegou a parar no SBT.

Kyo, meu cronf- meu confrade, que saudade você, meu amigo. Mas por outro lado, eu fico feliz e satisfeito com seu recente acto de ter aleijado aquela sapatona imunda, e ter condenado ela uma vida infeliz. Muito bom, meu irmão. Te abençoe, onde quer que você esteja, e fique tranquilo, que em breve eu vou te acompanhar, e eu pretendo levar comigo a Lola, meu confrade. Ela não vai te difamar, e não vai difamar nenhum confrade mais. Isso eu prometo aqui perante todos. Abraço, meu irmão.

—Breno Alves

Declaração de Gabriela de Paula após a morte de Kyo.

A board de Kyo, no 8chan, foi passada para GOEC e DPR, que refizeram a board com um tema mais dark a mando de Kyo. A board mais tarde foi hackeada por esquerdistas, mas depois um anônimo criou uma board no 8channel em homenagem ao Kyo, que durou até o fim do 8channel.

Segundo Emerson, foi Coelho quem deu a Kyo a arma que foi usada em seu Actvm Sanctvm.

Kyo no Dogola

Segundo GOEC, se Kyo não tivesse se matado, ele poderia ser preso na próxima fase da Operação Bravata, que prendeu o Psy.

Mage programando

Quando o Psy foi preso, a moderação ficou para o traveco Technomage e GOEC. O chan depois foi hackeado por Gordoidão que se tornou administrador até passar depois a administração para Technomage. GOEC, vendo os dogoleiros revoltados com as atitudes consideras "degeneradas" que Technomage estava tomando na administração do chan, resolveu que iria se tornar o novo administrador do dogola. Depois de uma grande guerra channer, GOEC conseguiu tirar Technomage da administração e se tornou o novo líder dos dogoleiros, até ser encerrado, pois apenas o Psy tinha acesso ao provedor de hospedagem do Dogolachan que não foi mais pago devido à sua prisão.

e foi um mar de CP...

Os dogoleiros passaram a utilizar boards do dogola até um anônimo chamado DPR recriar o Dogolachan, como Dogola Onion, na Derp Web.

Banners[editar]

Dogolabannerkkk.jpeg Dogolamuie.jpeg Otakufedido.jpeg
Dogolatr.jpeg Dogolarape.jpeg

Boards[editar]

  • /b/ - Random - metade dos usuários ficava aqui
  • /pr/ - Pornografia - Também era aceito CP
  • /tr/ - Mulheres com Pinto - Só o Gustavo Guerra usava esta board
  • /mod/ - Moderação - O Psy não se importava, então ele nem via as sugestões e as reclamações que tinham nesta board
  • /an/ - Anime - Dogoleiros Weeaboos falando sobre K-On!
  • /pol/ - Política e História - CACETE, VOCÊ NÃO ENTENDEU?
  • /x/ - Ocultismo e Gnosis - Só o Technomage usava esta board
  • /panela/ - Turma do Dogolinha - Quando o Technomage quis transformar o /b/ do Dogolachan em um 55chan, ele criou esta board para assuntos sobre os personagens do chan, já que no /b/ só tinha isto. A board era um lixo e morreu depois pois o /b/ estava vazio já que tudo foi redirecionado para o /panela/
  • /pill/ - Ensaios acerca o Niilismo - Redpills, Bluepills e Blackpills
  • /bairro/ - Bairrismo - postar com Estadobolas
  • /falho/ - Falho - Como fingir para a sociedade que você é normal?
  • /cadeia/ - Prisão - CP
  • /real/ - Realidade - Fãs do Nessahan Alita
  • /jo/ - Joguinhos - Só Sentafria e o Mallone Morais usavam está board
  • /pc/ - Programação, software, hardware e tecnologias - Caralho, você não entendeu??
  • /mu/ - Autismo dos anos 60, 70, 80, 90s... - Músicas marcantes de anos marcantes
  • /hentai/ - 2D>3D - Rule 34
  • /animu/ - Anime - A mesma coisa que a board /An/
  • /merdalher/ - Muié - board de pornografia
  • /high/ - Zé Droguinha - board onde Wallace de Jesus Barroso traficava drogas
  • /rapé/ - Makonha mlk zika - a mesma coisa que a board /high/
  • /vinil/ - "Ain confrades eu amo a Avril Lavigne"

Usuários[editar]

Turmadogola.png

Alguns célebres usuários do Dogolachan. Diferente de outros chans, o Dogola não punia quebra de anonimato e a attwhoragem rolava solta, levando ao surgimento de muitas personalidades conhecidas.

Legenda:

  • = falecido
  • * = atualmente preso
  • # = anteriormente preso
Imagem Nome Descrição
Psysim.jpeg Psycl0n*
(Powerword: Marcelo Valle Silveira Mello)
Dono do Dogola original, líder dos jorges. Criador de sites jorges como Silvio Koerich, Realidade, Homens de Bem, Tio Astolfo, Reis do Camarote, entre muitos outros. Expulso de outros chans, criou o Dogolachan ao final de 2013. É de lá que comandava sua rede de ameaças, extorsões, doxxing, ataques e perseguições a todos os seus desafetos. Atualmente se encontra preso e condenado a ficar na cadeia por 41 anos.
FuegoSancto.jpeg Kyo
(AKA Fuego Sancto; no Dogolachan o chamam de Cuckyo; Powerword: André Luiz Gil Garcia)
Esteve com Marcelo por muitos anos. Foi colaborador do site Silvio Koerich, o qual também manteve por algumas semanas depois que Psy e Emerson foram presos. Foi autor de outros sites jorges e administrador do Dogolachan desde o começo, em 2014, até o início de 2015. Marcelo brigou com ele por causa de Julia, que o fez revelar sua identidade e gravar certos vídeos. No segundo semestre de 2016, voltou ao Dogolachan como moderador. Em dezembro, brigaram novamente. Marcelo o trocou por Technomage na moderação. Kyo criou o Firechan, board hospedada no 8chan (https://8ch.net/firechan/index.html) que depois foi hackeada pelo /expropriado/, outra board do 8ch. Em 16 de junho de 2018, ele tentou assediar duas garotas em Penápolis - SP e atirou em uma delas, acabando por se matar durante sua fuga.[42][43] O suicídio de Kyo causou uma grande revolta no Dogolachan.
Julia Busse, Castora.jpg Castora (Powerword: Julia Busse) Ex-camgirl maconheira e ex-webnamorada do Kyo.
Goec.png GOEC Hacker de identidade desconhecida, que apareceu no Dogolachan em novembro de 2016 para fazer doxxing e perseguir leitoras da Lola. Também ameaçou Joice Hasselmann, Janaina Paschoal, Allan dos Santos, entre outras pessoas. GOEC já enviou e-mails com o nome de Emerson prometendo atentados em universidades. Ele diz morar na Alemanha ou na Suíça, e foi o criador do polêmico site riodenojeira.com.
GOEC3.png Arthur Lopes# (AKA Pardo Lopes) Um pirralho morador de Aracaju, Sergipe. Por ser nordestino e pardo, não era muito aceito entre neonazistas. Por isso, fazia tudo para se integrar: gravava vídeos caluniadores a mando de Psy, fazia ameaças de morte etc. Já foi detido por pichar suásticas em monumentos.
Ryan faixa jesus.jpg
Ryan Cangaceiro (AKA Ryan Ethernal) Pernambucano que fez vários vídeos jorges a mando de Marcelo. Em um deles, disse ser filho de Lola, abandonado por ela quando bebê. Foi denunciado ao Ministério Público Federal mas o procurador Luciano Sampaio Gomes Rolim deferiu seu arquivamento em janeiro de 2016. Não tem participado de ações desde que GOEC apareceu.
José Guilherme Fernandes Zaccarini.jpeg Coelho* (Powerword: José Guilherme Fernandes Zaccarini) Ex-aliado de Emerson e Psy, que moraria ilegalmente em Chicago, EUA.
Emma Müller.png
Emma Müller* (AKA Maria Dolores) (Powerword: Caroline de Paula Dini) Namoradinha do Guerra que, após ter brigado com ele, se tornou moderadora do Dogola para controlar as raids promovidas por Futuca. Está atualmente presa por participar de um homicídio.
Mallonne.jpg Mallone Morais# Gamer que se fingiu de pedófilo por atenção. Fez vídeos jorges, como um que viralizou, que diz que todo pai deve iniciar sua filha sexualmente. Mora em São Paulo.
Technomage1.jpg Technomage
(AKA Tropeço; Powerword: Raziel von Sophia Imbuzeiro, antes de virar trans Raphael Imbuzeiro)
Travesti frequentador do Dogolachan desde o início e moderador de dezembro de 2016 a 2019, quando DPR acabou apunhalado o sujeito, atrelando-o à board /loli/ de pornografia infantil. Em janeiro de 2020, foi preso por 5 dias pelo seu envolvimento com o Dogola. Depois de sair do Dogola, fundou e moderou por um tempo o Realchan e o Magalichan. Morreu (provavelmente se matou) no dia 4 de março de 2020.
Camila Bathke.jpeg
Camila Bathke (AKA Cumila) Prostituta loira que morava com Psy um pouco antes de sua prisão. De vez em quando ela postava sobre suas peripécias com o gordinho.
Vanessa nude.jpg
Vanessa Bathke (AKA Cunessa) Outra prostituta que morava com Psy. Esta era ruiva e, diferente da anterior, até que era gostosinha.
CahOliveira.jpg Cah Oliveira Professora universitária de Rio Verde, Goiás, que era amiga da Lola e se aproximou do chan após ser ameaçada por GOEC e Kyo.
Morga estrabica.jpg Morga Dias Feminista attwhore paraibana.
Gordoidao.jpeg Gordoidão Gordo attention whore.
Breno Alves.png Breno Alves#
(AKA Macaconfederado)
Nazipardo que costuma gravar com bandeiras dos Confederados. Agrediu um homossexual com um capacete de moto uma vez, mas não chegou a ser preso. Só foi detido por alguns dias na segunda fase da Operação Iluminate.
Pulsen Sieg Heil.jpg Pulsen#
(Powerword: Yuri)
Racista membro da antiga Homens Sanctos.
Judiaberg.jpg Judiaberg
(Powerword: Carolina Luchtenberg)
Judia attention whore que farmava escravocetas e era adorada por Psy.

Inimigos[editar]

Os principais inimigos dessa versão do Dogola.

Imagem Nome Descrição
EERS2.jpg Emerson Eduardo Rodrigues#
(AKA Pedola ou Pedolão; às vezes se autointitula Capataz Sancto ou Capataz da Senzala)
O maior inimigo e alvo dos dogoleiros. Na época em que eram amigos, criou junto com Psy o site de ódio Silvio Koerich. Foi preso em 2012 pela Operação Intolerância, mas depois foi solto. Vive viajando pelo mundo e trabalhando em vários bicos. Emerson e Marcelo voltaram a brigar em outubro de 2016, quando ele se mudou para os EUA, buscando "asilo político". Desde 2018, mora na Espanha.
-Lola.jpg Lola Aronovich Blogueira esquerdista e alvo frequente das trollagens de dogoleiros até hoje. Comemorava (e ainda comemora) sempre que quando algo de ruim acontece com Psy e seus aliados. No chan ela ficou conhecida como Jabba, Porco, ou pelo seu primeiro nome, Dolores.
Wallace de Jesus Barroso.png Wallace de Jesus Barroso#
(AKA Pretallace)
Inicialmente uma vítima atrelada ao Rio de Nojeira, Wallace se aliou a DPR após sua briga com Technomage, mas depois voltou a ser inimigo do Dogolachan.
Robson Otto Aguiar.jpg
Robson "Otto" Aguiar Masculinista que foi vítima de Psy, que o pôs como autor de um de seus sites, Tio Astolfo, em agosto de 2015, quando Robson ficou do lado de Emerson na briga entre ele e Marcelo. Fez vários vídeos jorges com calúnias, principalmente contra a deputada estadual Janaina Rivas (que o processou e ganhou) e contra Lola Aronovich.
Guerra.jpg Gustavo Guerra*
(AKA Futuca)
Natural de Caxias do Sul, é neonazista e foi amigo leal de Psy no começo do Dogolachan. Em dezembro de 2014, a seu pedido, ligou para Lola para ameaçá-la de morte. Foi internado em fevereiro de 2015 e permaneceu boa parte do ano internado. Em dezembro de 2016 foi internado novamente por tentar esfaquear o pai (ao ser persuadido por GOEC para fazer tal coisa). Hoje Marcelo se diz seu inimigo.
Homem-aranha.png Ricardo Wagner# Rival de GOEC desde a época do Orkut e alvo de muitas trollagens do hacker.
Sentafria.jpeg Sentafria Um neonazista pedófilo que criava blogs de ódio a mando do Psy e jogava tudo nas costas do Gustavo Guerra.

Curiosidades[editar]

  • O Dogolachan nunca foi hospedado na Malásia, como o Psy dizia "Este fórum está hospedado na Malásia, portanto ele não responde ordens judiciais brasileiras":
No we are not. Cinipac was never hosted in Malaysia, they just used a PO Box there. If you do past IP checks on domaintools you will see it was always hosted in Romania. Domains where reselled via our Webnic account and the whois is just simply their po box (which btw they also got from us)

Tradução:

Não, não somos. O Cinipac nunca foi hospedado na Malásia. Eles têm apenas uma PO Box lá. Se você checar os IPs passados nas ferramentas de domíno, verá que ele sempre foi hospedado na Romênia. Os domínios eram revendidos pela nossa conta Webnic e o Whois é simplesmente a PO Box deles (que, a propósito, eles também pegaram da gente)

  • Antes de ser Dogolachan, o chan era conhecido como Jorgechan e às vezes quem entrava no fake Silvio Koerich (criado pelo Psy e pelo Emerson) era redirecionado para o Jorgechan.
  • O mascote Dogola foi escolhido por ser um meme proibido no 55chan.
  • Durante anos, a board reserva do Dogolachan foi o /firechan/ do 8chan, criada por Kyo. Após uma briga de Psycl0n com Kyo, resolvendo a retirada de seu cargo como moderador no Dogolachan, uma boa parte da userbase se separou para o Firechan e os outros para o Dogolachan em uma guerra para ver quem era mais confiável, Kyo ou Psy. Os que postavam ao lado de Psy no Dogola eram chamados "minions dogoleiros", enquanto os que postavam no Firechan eram chamados "dogoleiros de honra".
  • Technomage teria perdido a administração do Dogolachan após tentar dar um golpe no GOEC. Mais tarde, GOEC teria perdido temporariamente a administração e parado de frequentar o Dogolachan, até que voltou e viu que Technomage estava fazendo mudanças consideradas "degeneradas". Com isto, Technomage teria perdido a administração e GOEC ganhado novamente através de uma grande guerra dogoleira.
  • Por um breve período, o Dogolachan já foi um chan praticamente pago, pois só era possível acessá-lo através de uma VPN paga. Às vezes nem isso funcionava, pois era necessário contar com a boa vontade da administração para colocar sua VPN na whitelist.
  • A movimentação do Dogolachan sempre foi média. Em alguns meses havia menos de cinco usuários postando.

Salsa

  1. https://revistaforum.com.br/brasil/homem-que-atirou-em-mulher-em-penapolis-anunciou-o-crime-em-chat-diz-lola-aronovich Provavelmente era a Castora, pois a matéria diz que J. é neonazista, e a Castora tem uma tatuagem de símbolo nazista. Além disso, tem um Pastebin dizendo que o nome de J. é Julia.
  2. Site ensina passo a passo de como violentar mulheres, Veja, 28 de dezembro de 2016
  3. Acusado de manter site de ódio, universitário garante que é vítima da gangue que faz apologia ao estupro, R7, 5 de agosto de 2015
  4. MPE apura blog com guia do estupro 'testado' na Unesp de Araraquara, G1 28 de julho de 2015
  5. 5,0 5,1 5,2 5,3 5,4 5,5 5,6 5,7 5,8 5,9 Erro de citação: Marca <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas bio de sancto
  6. Documentos do terreno em Colombo, WebArchive
  7. https://vocaroo.com/3QnihFqxghu
  8. http://www2.quadrix.org.br/resources/1/concursos/2015/cobra/SUPERIOR/BB_SUPERIOR_resultado_FINAL_3015_3016.pdf
  9. https://www.youtube.com/watch?v=J0Htj1X30_U
  10. https://web.archive.org/web/20160913191259/https://www.youtube.com/watch?v=6AtYJEwyXBQ
  11. http://archive.li/Hbuxv
  12. https://www.youtube.com/watch?v=7hqI42oskv4
  13. 13,0 13,1 Mudou-se para Las Vegas
  14. Mudou-se para Chicago
  15. Mudou-se para Boston
  16. Denúncia de Emerson contra Coelho, nos EUA
  17. Ten locations I administer received bomb threat letter on networked Fax Printers. Reddit, 30 de maio de 2017, 10hs30min
  18. 18,0 18,1 18,2 Man jailed on multiple counts Prairie Daily News
  19. Passaporte de Emerson - Imgur
  20. DESMENTINDO A WIKINET EMERSONEDUARDORODRIGUES YouTube, publicado em 21 de janeiro de 2020.
  21. Esta ideia foi arquivada por não estar em conformidade com os termos de uso do portal.
  22. paulohenrique52. Senador brasileiro quer DUPLICAR os impostos sobre games Trem do Hype, 29 de junho de 2017.
  23. 23,0 23,1 23,2 23,3 EMERSON EDUARDO RODRIGUES SETIM FOI PRESO NOS EUA Robson "Otto" Aguiar, 15 de agosto de 2017
  24. Department of Homeland Security - Voluntary Departure
  25. https://www.reddit.com/r/InternetBrasil/comments/7vjyfo/bloqueio_do_pastebin_pela_net/
  26. Mudou-se para Roma (Itália)
  27. Mudou-se para Madri (Espanha)
  28. Diligencias previas 1070 2019 - Juzgado de Instrucción nº 52 de Madrid,
  29. Denuncia de Emerson ao MPF contra Psy 18 de junho de 2018
  30. Despacho/Decisão de Marcelo, no Presídio Federal de Campo Grande, WebArchive
  31. Robson "Otto" Aguiar. EMERSON EDUARDO RODRIGUES SETIM ESTÁ OFICIALMENTE FORAGIDO DA JUSTIÇA Blogspot.
  32. MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PEDE PRISÃO DE EMERSON EDUARDO RODRIGUES SETIM QUE ESTÁ FORAGIDO NA ESPANHA - Robson "Otto" Aguiar, 11 de fevereiro de 2019.
  33. Não acredita? Clique aqui.
  34. https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2018/12/19/homem-e-condenado-a-41-anos-de-prisao-por-crimes-como-racismo-terrorismo-e-divulgacao-de-pedofilia-na-internet.ghtml
  35. Oliveira Advogados - é condenado a 41 anos de prisão por crimes como racismo, terrorismo e divulgação de pedofilia na internet Jusbrasil, 26 de janeiro de 2019
  36. https://www.geledes.org.br/alerta-quem-e-o-brasiliense-responsavel-pelo-site-que-inspirou-ataque-em-suzano/
  37. https://theintercept.com/2018/12/21/prisao-do-misogino-marcelo-mello/
  38. http://sbtinterior.com/videos/homem-que-baleou-mulher-na-regiao-seria-membro-de-grupo-de-odio-na-internet,5259121391373.html
  39. https://g1.globo.com/sp/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/noticia/mulher-e-baleada-na-nuca-ao-negar-se-envolver-com-desconhecido-em-penapolis.ghtml
  40. https://lr1.com.br/cidades/2018/06/16/jovem-tenta-assediar-jovem-e-atira-nela-em-cidade-da-regiao/
  41. https://www.regionalpenapolis.com.br/noticias/cidade-e-regiao/morre-jovem-baleada-por-homem-em-penapolis
  42. https://g1.globo.com/sp/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/noticia/mulher-e-baleada-na-nuca-ao-negar-se-envolver-com-desconhecido-em-penapolis.ghtml
  43. https://lr1.com.br/2018/06/16/jovem-tenta-assediar-jovem-e-atira-nela-em-cidade-da-regiao/


Kraut-tan.jpg

Dogolachan (Psytoré) faz parte de nossa série de artigos sobre
chans
Visite o Portal:Chans para mais artigos do gênero.


Erro de citação: Existem marcas <ref> para um grupo chamado "nota", mas nenhuma marca <references group="nota"/> correspondente foi encontrada