Dogolachan

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa

Atual endereço: http://dogolarz3izijzavqjfrq7d6ff4tqdtlvwt4z4nwsvqovmlyjopr35id.onion

Dogolachan
Dogola.png

Dogola Deep Web.png
Fundaçãodezembro de 2013 (original)
outubro de 2018 (atual)
Boards mais acessadas/b/
Dono(a)Psycl0n (até 05/2018)
DPR (a partir de 05/2018)
Epic Wins- Supostamente ajudarem no Massacre de Suzano
- Fazer a mídia pensar que eles iriam fazer um massacre na UFES
- Criar contas falsas do Emerson para praticar racismo em seu nome
Mascote(s)Dogola
Websitehttp://dogolachhhnaqa7n.onion
dogolarz3izi...
qjqrzmgnd...
https://8ch.net/dogolachan/ (reserva)

Dogolachan é um chan brasileiro da Deep Web atualmente localizado no endereço acima. Fundado em 2018, representa a continuação de um chan da Surface Web de mesmo nome fundado em dezembro de 2013 por Psytoré, o líder supremo dos jorges. Quem comanda o site desde a prisão de Psy em maio de 2018 é um anônimo conhecido como DPR.

O Dogola é conhecido por ser um antro de jorges, onde todos os channers hardcore se reúnem para planejar seu próximo atcvm sanctvm para a geração de lulz. Também se vê threads sobre sobre misoginia, racismo, "odeio a sociedade e por isso tiro vantagem de todo mundo" e sobre direitismo em geral (i.e. olavetes e bolsominions). Dogoleiros têm uma obsessão com anonimato e privacidade online (VPNs, Tor, etc.) e alguns parecem ter um certo apreço por ocultismo.

Há vários fios sobre jorges de bosta que só querem chamar a atenção na Internet, como Gustavo Guerra, GOEC e até o próprio Psy. Dogoleiros também adoram atacar e falar mal de seus desafetos, como Emerson e Lola Aronovich.

Quando o 8chan ainda era ativo, a board /dogola/ servia de reserva para quando o chan caía ou sofria problemas e vulnerabilidades, função que antes era exercida pelo /firechan/ até ser invadido. O chan também tem uma página alternativa na ZeroNet.

Dogoleiros se referem uns aos outros como confrades.

História

Começo

O chan no início de 2018, no estilo padrão "Yotsuba Blue".

Psy já planejava criar seu próprio chan desde 2012, mas só botou a ideia em prática em dezembro de 2013. Ele queria postar as merdas dele sobre a cultura japonesa e animes, tanto que o chan no início chegou a ter a descrição de "A casa do hikkomori na Internet" na época de sua fundação.

Ao ser xingado em todos os chans que ele frequentava por causa de suas jorgices, começou a forçar todos de seu chan a concordar com ele. Ele sabia criar e postar em blogs, mas ele precisava de uma resposta imediata a cada merda que postava. Antigamente, o Dogola também servia como alternativa quando o 55ch caía, mas como a userbase lá era tão cancerígena, mesmo para os padrões do 55ch, nem todos aderiam ao Dogolachan. Algumas vezes, Psy conseguia achar uma maneira de hackear os chans da competição e redirecioná-los para o seu chanzinho fajuto. É sério; ele fez isso com o 77chan, cujos admins leigos ficaram uma semana quebrando a cabeça para resolver o problema.

Uma outra descrição dos tempos antigos era "All Hail Dogola", em referência ao mascote do chan, um cachorro com um olhar hilário chamado Dogola. Antes de ir para a Deep Web no final de 2018, o chan se localizava no endereço dogolachan.org e usava o tema Yotsuba Blue. Uma parte da userbase do Dogola veio do 77chan, que Psy havia hackeado.

O chan tem uma longa batalha contra a Lola Aronovich e o Emerson desde que o Psy saiu da prisão. Lola fez de tudo para que Psy fosse preso novamente e para que o chan ficasse fora do ar. O Emerson a mesma coisa, além de ter "traído" Psy ao botar nele a culpa da criação do Silvio Koerich.

Deep Web

e foi um mar de CP....

Quando Psy foi preso, condenado a 41 anos de prisão, a moderação ficou para o traveco Technomage e para o DPR, até ser encerrado e ser redirecionado a Deep Web, agora sendo possível apenas acessar por uma rede Tor.

Actvm Sanctvm em Suzano

O fio secreto ao qual DPR se refere: os supostos agradecimentos de um dos atiradores.

O chan teve um suposto envolvimento no Massacre de Suzano em março de 2019 e sofreu bastante instabilidade nos primeiros dias após o ataque por causa de várias alterações feitas propositalmente por DPR para conter ataques de hackers e a espreita dos federais. Em 16 de março, DPR mudou o chan para o endereço v3, que é mais seguro e mais longo.

A partir de abril do mesmo ano, o Dogola se envolveu numa rivalidade com o LulZChan, outro chan recém-criado na Deep Web. Foi fechado e reaberto várias vezes nesse período.

Exploit

Anúncio do novo fechamento em 8 de julho de 2019 (board /dogola/).

Em meados de 2019, devido a um exploit da Deep Web que levou ao fechamento de vários fóruns e mercados da rede,[1] DPR declarou, na board reserva /dogolachan/ do infinito, que manteria o chan fechado até essa questão ser resolvida. O chan voltou ao ar por torno do dia 25 de julho, no endereço dogolarz3izijzavqjfrq7d6ff4tqdtlvwt4z4nwsvqovmlyjopr35id.onion.

O chan saiu do ar novamente após sofrer ataques no dia 10 de agosto, e voltou ao ar no mesmo link no dia 13.

Boards

Dogola, o mascote psicopata do chan

O chan atualmente conta com 11 boards:

  • /b/ - Random
  • /mod/ - Problemas, Sugestões e Reclamações
  • /gore/ - Gore
  • /igreja/ - Confessionário
  • /opsec/ - Opsec
  • /saida/ - Suicidas
  • /pol/ - Politicamente Incorreto
  • /ghosts/ - Paranormal
  • /loli/ - Board para postar CP e jailbaits
  • /int/ - International

Segundo DPR, havia também uma board secreta, onde o Massacre de Suzano teria sido supostamente planejado.

Outros
  • /radio/ - não é bem uma board, é mais um Spotify só que do Dogolachan

Boards removidas

  • /freaks/ - Freakshow
  • /pr0n/ - Pornografiavms Sanctvms
  • /lg/ - Board também para CP
  • /mu/ - Confraria Musical

Usuários

Alguns célebres usuários do Dogolachan:

  • Psycl0n – Dono do Dogola original, líder dos jorges. Criador de sites jorges como Silvio Koerich, Realidade, Homens de Bem, Tio Astolfo, Reis do Camarote, etc. Expulso de chans, criou o Dogolachan ao final de 2013. É de lá que comandava sua rede de ameaças, extorsões, doxxing, ataques e perseguições a todos os seus desafetos. Atualmente se encontra preso e condenado a ficar na cadeia por 41 anos.
  • Kyo (AKA Fuego Sancto; no Dogolachan o chamam de Cuckyo; Powerword: Bryan William Lopes ou André Luiz Gil Garcia) – Natural de São Bernardo do Campo - SP, esteve com Marcelo por muitos anos. Foi colaborador do site Silvio Koerich, o qual também manteve por algumas semanas depois que Psy e Emerson foram presos. Foi autor de outros sites jorges e administrador do Dogolachan desde o começo, em 2014, até o início de 2015. Marcelo brigou com ele por causa de Julia, que o fez revelar sua identidade e gravar certos vídeos. No segundo semestre de 2016, voltou ao Dogolachan como moderador. Em dezembro, brigaram novamente. Marcelo o trocou por Technomage na moderação. Kyo criou o Firechan, board hospedada no 8chan (https://8ch.net/firechan/index.html) que atualmente foi hackeada pelo /expropriado/, outro Chan do 8ch. Em 16 de junho de 2018, ele tentou assediar duas garotas em Araçatuba - SP e atirou em uma delas, acabando por se matar durante sua fuga.[2][3] O suicídio de Kyo causou uma grande revolta no Dogolachan.
  • GOEC – Hacker de identidade desconhecida. Apareceu no Dogolachan em novembro de 2016 para fazer doxxing e perseguir leitoras da Lola. Também ameaçou Joice Hassellman e Janaina Paschoal. Enviou com o nome de Emerson e-mails prometendo ameaças em universidades. Diz morar na Alemanha ou na Suíça. Criador do polêmico site riodenojeira.com.
  • Arthur Lopes (AKA Pardo Lopes) – Um pirralho morador de Aracaju, Sergipe. Por ser nordestino e pardo, não é muito aceito entre neonazistas. Por isso, faz tudo para se integrar: grava vídeos caluniadores a mando de Psy, faz ameaças de morte etc. Já foi detido por pichar suásticas em monumentos. É um dos suspeitos de serem o GOEC.
  • Ryan Cangaceiro (AKA Ryan Ethernal) – Pernambucano que fez vários vídeos jorges a mando de Marcelo. Em um deles, disse ser filho de Lola, abandonado por ela quando bebê. Foi denunciado ao Ministério Público Federal mas o procurador Luciano Sampaio Gomes Rolim deferiu seu arquivamento em janeiro de 2016. Não tem participado de ações desde que GOEC apareceu.
  • Castora (Powerword: Julia Busse) – Ex-camgirl maconheira e ex-namorada do Guerra.
  • Coelho (Powerword: Guilherme Zaccarin) – mora em Chicago, EUA.
  • Emma – Namoradinha do Guerra que, após ter brigado com ele, se tornou moderadora do Dogola para controlar as raids promovidas por Futuca.
  • Mallone de Morais – Pedófilo confesso, vive em SP. Faz vídeos jorges, como um que viralizou, que diz que todo pai deve iniciar sua filha sexualmente.
  • Robson "Otto" Aguiar – Masculinista que foi vítima de Psy, que o pôs como autor de um de seus sites, Tio Astolfo, em agosto de 2015, quando Robson ficou do lado de Emerson na briga entre ele e Marcelo. Faz vários vídeos jorges com calúnias, principalmente contra a deputada estadual Janaina Rivas (que o processou e ganhou) e contra Lola.
  • Camila (AKA Cumila) – Prostituta que morava com Psy um pouco antes de sua prisão. De vez em quando ela postava sobre suas peripécias com o gordinho.
  • Vanessa (AKA Cunessa) – Outra prostituta que morava com Psy. Diferente da anterior, essa até que era gostosinha.
  • DPR – Atual dono do Dogolachan, que recriou o chan na Deep Web após a prisão de Marcelo.

Inimigos

Os principais inimigos do Dogolachan.

  • Emerson Eduardo Rodrigues (AKA Pedola ou Pedolão; às vezes se autointitula Capataz Sancto ou Capataz da Senzala) – O maior inimigo e alvo dos dogoleiros. Na época em que eram amigos, criou junto com Psy o site de ódio Silvio Koerich. Foi preso em 2012 pela Operação Intolerância, mas depois foi solto. Vive viajando pelo mundo e trabalhando em vários bicos. Emerson e Marcelo voltaram a brigar em outubro de 2016, quando ele se mudou para os EUA, buscando "asilo político". Desde 2017, mora na Espanha.
  • Gustavo Guerra (AKA Futuca) – Natural de Caxias do Sul, é neonazista e foi amigo leal de Psy no começo do Dogolachan. Em dezembro de 2014, a seu pedido, ligou para Lola para ameaçá-la de morte. Foi internado em fevereiro de 2015 e permaneceu boa parte do ano internado. Em dezembro de 2016 foi internado novamente por tentar esfaquear o pai. Hoje Marcelo se diz seu inimigo.
  • Lola Aronovich – Blogueira esquerdista e alvo frequente das trollagens do Dogola, torce para que o chan seja derrubado e comemora quando algo de ruim acontece com Psy. No chan ela é conhecida por Jabba, Porco ou pelo seu primeiro nome, Dolores.
  • Ricardo Wagner – Rival de GOEC desde a época do Orkut e alvo de muitas trollagens do hacker.
  • Technomage (AKA Tropeço; Powerword: Raziel von Sophia Imbuzeiro, antes de virar trans Raphael Imbuzeiro) – Frequentador do Dogolachan desde o início, moderador desde dezembro de 2016. DPR acabou apunhalado o travesti, atrelando ele a board /loli/, uma Board de pornografia infantil.
  • stackz - um YouTube que grava vídeos entrando na Deep Web acabou gravado diversos vídeos falando sobre o Dogolachan e com isso, atraindo intrusos ao site. DPR atrelou então Stackz a uma lista de moderadores do site.

Banners

O chan atualmente usa os seguintes 12 banners. São fotos sobrepostas de vermelho de figuras associadas ao chan como Psy, Emerson, Technomage, além de outros como Dâniel Fraga, João Gordo, o Chaves do Pobretão de Vida Ruim e umas imagens aleatórias.

Dogola-saida.jpg Dogola-pol.jpg Dogola-pr0n.jpg Dogola-radio.jpg
Dogola-opsec.jpg Dogola-igreja.jpg Dogola-int.jpg Dogola-mod.jpg
Dogola-gore.jpg Dogola-ads.jpg Dogola-b.jpg Dogola-freaks.jpg

Massacre de Suzano

Suposto fio na board secreta do Dogola postado dia 7 de março, uma semana antes do massacre.
Thread com tradução da música "Pumped up Kicks" dois dias antes do massacre. Segundo DPR, este foi o prenúncio de que o crime realmente iria acontecer.

Suspeita-se que Guilherme Taucci Monteiro e Luiz Henrique de Castro, os atiradores do Massacre de Suzano, em que 10 pessoas morreram numa escola no dia 13 de março de 2019, tenham sido frequentadores do Dogolachan. Essa teoria foi confirmada por DPR e reproduzida em matérias online, como R7[4] e Vice.[5] DPR afirma que Luiz era conhecido no chan como "luhkrcher666" e Guilherme como "1guY-55chaN". No entanto, a única evidência que DPR apresenta é um print de 7 de março da "board secreta" do chan onde o massacre teria sido planejado. Isso compromete a credibilidade, pois como a board é inacessível, o tal print pode ser falso (ou talvez a board sequer existir) se for pescaria. No entanto, dia 11, dois dias antes do massacre,‎ foi postada uma thread com a letra da música "Pumped up Kicks", famosa por sua associação com o Massacre de Columbine. Segundo o que está no print de DPR, a postagem da música seria um sinal de que o massacre realmente aconteceria.

Após o massacre, o chan foi alvo de alguns ataques por hackers. Todos eles foram contidos por DPR, mas isso ocasionou uma certa instabilidade no chan. DPR logo depois moveu o chan para um endereço melhorado (v3).

Referências

Ver também


4chan logo.png Dogolachan faz parte de nossa série de artigos sobre
chans
Visite o Portal:Chans para mais artigos do gênero.