Este artigo é um esboço. Clique aqui para mais informações.

Diogo Mainardi

De Wikinet
Ir para navegação Ir para pesquisar
Diogo Mainardi.jpg

Diogo Briso Mainardi (São Paulo, 22 de setembro de 1962) passou parte de sua infância em Londres e em Veneza, onde mora atualmente para fugir dos processos judiciais pelas coisas que escreve, imitando seu colega Olavo de Carvalho que fugiu para a área rural da Virgínia, nos Estados Unidos. Os pais de Diogo Mainardi moravam em um kibutzWikipedia's W.svg em Israel e retornaram ao Brasil pouco antes do nascimento de Diogo. Dentre os principais trabalhos, destacam-se suas colunas para a Revista Veja (1999-2011), participações semanais no programa Manhattan Connection da Globo News e o site O Antagonista.

Diogo tornou-se um dos mais importantes porta-vozes da direita brasileira durante o governo Lula (2003-2016), e mesmo durante o governo Temer (2016-2018). A partir de 2015, com o site O Antagonista, tornou-se famoso por repetir, todo dia, a expressão "Lula preso amanhã". Com a vitória da direita nas eleições de 2018, Diogo resolveu antagonizar o governo Bolsonaro. Seus ataques fizeram uma pausa por ocasião dos ataques do Verdevaldo contra Sérgio Moro, mas depois que Bolsonaro salvou Moro, Diogo tornou-se um traidor e apoiador da Nova Esquerda.

Galeria[editar]