Marketing digital

De Wikinet
Revisão de 22h48min de 18 de maio de 2021 por Pessimismo (discussão | contribs) (Criou página com ''''''Marketing'' digital''' é que nem o ''marketing'', só que digital. O termo "''marketing'' digital" foi descoberto pelos brasileiros recentemente e ago...')
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Marketing digital é que nem o marketing, só que digital.

O termo "marketing digital" foi descoberto pelos brasileiros recentemente e agora você não pode navegar mais de um minuto na Internet sem ver um anúncio de algum bombado retardado falando da fórmula mágica do marketing digital e que você é um idiota por estar navegando no Instagram fapando para os stories da sua colega gostosa de biquíni sendo que poderia montar um negócio digital nesse exato instante e ficar rico amanhã. De fato, os marketeiros digitais de cursos de marketing digital não são tão diferentes dos tão zoados coaches, a diferença é que este é um coach mais voltado para os negócios e finanças, e não em fazer você pegar mulher e parar de fapar. Uma evolução? Depende do seu ponto de vista.

Se o marketing tradicional já era uma merda, o marketing digital é uma diarreia completa. Isso porque, no marketing tradicional, por mais que o objetivo fosse manipular os desejos e vontades dos clientes utilizando até de apelo emocional só para vender, pelo menos o núcleo do marketing era o de encontrar soluções para vender um produto e fazer com que os clientes se interessassem por ele. Já o marketing digital é entender como funciona o algoritmo de uma rede social (que muda toda semana) para fazer com que um anúncio feito no Photoshop por um estagiário apareça no máximo de telas possíveis utilizando, é claro, as ferramentas de impulsionamento de anúncios digitais.

Para as grandes empresas que têm negócios legítimos, o marketing digital é só mais uma maneira de chupar dinheiro do consumidor, mas para a maioria dos negócios independentes da Internet, isso se resume à venda de cursos inúteis. O pior é quando um anúncio de marketing digital está vendendo um curso de marketing digital. É que nem coach que ensina a ser coach para que o cara venda cursos de coach: um círculo vicioso que acaba se tornando uma bolha ou pirâmide financeira. Uma hora estoura e todo mundo se fode, exceto os que iniciaram a moda.

Basicamente, a mensagem do marketing digital é a seguinte: você precisa, primeiro, ser famoso nas redes sociais, só assim você consegue vender alguma coisa. Nem pense em começar já tentando vender algo, primeiro, viralize com memes idiotas ou com fotos da sua bunda (caso você seja uma gostosa), e só assim você consegue inventar algum produto inútil que sua audiência de fãs fanáticos vai querer comprar. Ou seja, o marketing digital se sustenta na ideia de criar uma demanda artificial. No marketing tradicional, uma empresa só conseguia crescer através da venda de um produto, e o crescimento, normalmente, estava diretamente ligado com a qualidade e acessibilidade de um produto, e só assim a marca da empresa se tornava conhecida ou até famosa e prestigiada. O marketing digital funciona ao contrário, já que vivemos na época das aparências. O produto é o menos importante no marketing digital.