Faz o L!

De Wikinet
Revisão de 03h07min de 16 de abril de 2023 por Estranho-NatSoc (discussão | contribs) (Criando.)
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar
Apenas faça.
Engole o choro, e Faz o L!

—Nikolas Ferreira



Faz o L! é uma frase atribuída à Direita política brasileira. Foi criada durante o governo Dilma, após uma propaganda televisiva onde eles faziam o L com os dedos. Mais tarde essa propaganda teve um remake na candidatura de Haddad em 2017 e 2018, onde todos novamente faziam o L com os dedos. Mas a frase e o sinal ganharam força mesmo após a vitória via fraude do atual presidente, pois para a surpresa de ninguém, o governo seria uma bosta, e definitivamente está sendo, ao que os opositores do atual governo respondem com a ironia da propaganda, também usada em 2022 pelo atual presidente, "Faz o L!"
A frase é comumente usada por direitistas sempre que um esquerdista reclama de algo, e até entre eles para sacanear uns aos outros de brincadeira. Algo como "Eae, viado", ao que o outro normalmente responde em ambos os casos: "Sai fora, tá me estranhando?".
A esquerda, vendo que não pode rebater essa ironia dos fatos, quase nunca usa o termo desde o fim das eleições.

Popularização

Neste vídeo, podemos ver que logo após o final das eleições, Nikolas Ferreira postou em suas redes sociais seu descontentamento, e por si só o vídeo já explica o uso do "Faz o L!". Isso gerou a baita popularização do termo nas redes sociais e até fora dela.



Galeria



Variantes

Com essa onda, muitos começaram a usar outros verbos e palavras pejorativas em anagrama com o nome PT ou Lula. Veja alguns exemplos:

  • Lular = Roubar
  • Petralha = Referência à quadrilha de bandidos Irmãos Metralha da Disney
  • PTCC = Anagrama com a sigla do PT e do PCC