Sites sobre anime

De Wikinet
Ir para navegação Ir para pesquisar
Ambox plus.png Este artigo precisa de mais Rule 34
Você pode ajudar a Wikinet adicionando mais Rule 34.

Sites sobre anime são os sites sobre anime.[1]

Os sites sobre anime, basicamente, são de dois grupos. Há os sites dedicados, quase que exclusivamente, aos animes, e os sites que são generalistas, mas nos quais anime é uma componente importante ou mesmo a componente principal. O primeiro grupo será abordado logo abaixo, com o texto TL;DR sobre o que tem sobre esta merda na Alexa, e o segundo grupo engloba os vários sites de putaria com forte influência da cultura oriental, os chans [2] e várias wikis, como a Desciclopédia e as versões da Encyclopedia Dramatica.

Alexa[editar]

A categoria dos sites sobre anime http://www.alexa.com/topsites/category/Top/Arts/Animation/Anime é uma subcategoria dos sites sobre animação, que é uma subcategoria dos sites sobre artes, uma das macro-categorias da Alexa.

Tirando o fato de que eles não tem uma subcategoria para sites sobre ecchi nem para sites sobre hentai (que devem estar enfiadas em algum lugar em baixo da categoria dos sites de putaria), até que as subcategorias não são tão idiotas assim:

  • Personagens: óbvio;
  • Clubes e Organizações: porra, tem algum clube ou organização físico sobre anime?
  • Ítens colecionáveis: aqueles bonequinhos fofinhos com personagens de anime;
  • Criadores: os famosos mangakas (só não entendo porque a Alexa não usa o termo otaku);
  • Distribuidores: óbvio;
  • Fandom: aqui que rola direto Rule 34;
  • Jogos: óbvio;
  • Gêneros: uma subcategoria tampão, para depois subdividir em Magical Girl, Mecha, Superhero, etc. Mas não tem nem Yuri e Yaoi, deve ser porque eles colocam estas categoria nos sites de putaria ou nos sites para invertidos;
  • Galerias de imagens: Rule 34, s'il vous plait!
  • Independentes: Rule 34 again;
  • Multimedia: sei lá que porra é esta;
  • Músicas: óbvio. Aliás, o grande sucesso da música oriental no Brasil de hoje se deve em boa parte aos otakus (e também aos gamers);
  • Notícias: para quem quer saber o que está sendo feito ou quais lançamentos futuros;
  • Recursos: sei lá que porra é esta II;
  • Análises: caras que assistem aos animes só para dizer que é uma merda. E pelos motivos errados;
  • Dublagem: a única vez que a Alexa usa um vocabulário otaku, esta subcategoria se chama Seiyuu;
  • Títulos: são os sites que tratam de apenas um anime;
  • Web Rings: uma relíquia do passado, hoje em dia ninguém se importa mais com Web Rings

O site número um da categoria [3] é o site de notícias Animenewsnetwork, seguido do Sankakucomplex e do site de pirataria Animefreak.

Sites que não são apenas de anime[editar]

São os sites que tem algum escopo diferente, mas em que anime é uma parte importante ou mesmo a parte mais importante. Dentre estes sites, se destacam:

  • Chans. Teve algum idiota que reclamou que vários chans tinham muita porra sobre anime. O cara não sabe que, quando tudo começou, [4] os chans tinham um porrilhão de boards dedicados a anime, inclusive os chans que são mais tradicionalistas chamam o board de anime de /a/, o de ecchi de /e/, o de hentai de /h/, etc.
  • Encyclopedia Dramatica e suas versões em outras línguas. A presença de animufags é indiscutível, tanto que a maioria delas tem vários artigos dedicados ao anime. Neste ponto a Wikinet é um ponto fora da curva, talvez porque não era para virar uma copicola da Desciclopédia, mas os artigos sobre anime e mangá são bem poucos, quando comparados com os artigos das versões em outras línguas.[5]
  • Sites sobre JAVs também tem uma forte presença da cultura otaku, afinal quem fapa para pornografia com pixelation obviamente vai preferir pornografia desenhada e sem pixelation (mas tem filho da puta que faz hentai com pixelation)

Obviamente, a nossa lista de sites sobre anime privilegia os que tem mais ecchi e hentai:

  1. REDIRECIONAMENTO Lista de sites sobre anime ou mangá

Salsa

  1. Interessante. Pensei que sites sobre anime fossem livros sobre matemática.
  2. Que não deixam de ser sites de putaria; the Internet is for Porn.
  3. Dados de Setembro de 2014
  4. Um resumo desta história está no artigo sobre o Futaba Channel, que não foi o primeiro, mas foi quem deu origem ao 4chan. Porra, não vou resumir aqui o resumo que já está lá.
  5. Especialmente ucraniano, russo e finlandês.


Azumanga osaka fgsfds.jpg
Tópicos relacionados a anime e o Japão

Anime e mangá Japão Gêneros Sites Outros