Paulo Kogos

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa
Paulo Kogos
Paulo Kogos.jpg
Nome realPaulo Hugenneyer Kogos
Nascimento20/05/1986 (34 anos)
OcupaçãoVlogger, shitposter, empresário
Logo do YouTube transparente.png CanalPaulo Kogos
Logo do YouTube transparente.png Nº de inscritos123 mil (ed.)
(abril de 2020)
ResidênciaGrão-Ducado da Kogosia
São Paulo
Conhecido(a) porSer um att whore pelo seu extremismo
Outros linksInstagram

Paulo Hugenneyer Kogos (pronuncia-se kógos, e não kôgos) é um autista gordo, baixinho e attention whore que ficou amplamente conhecido pela sua defesa ferrenha do anarcocapitalismo e do conservadorismo na Internet desde pelo menos 2015. Com suas opiniões extremas sobre diversos assuntos e seus ataques de raiva, Kogos se tornou um meme bastante replicado. Ele também é conhecido por aparecer em filmagens aleatórias da Internet e da TV.

Grande entusiasta do militarismo, Paulo chegou a fazer um ano de CPOR (Centro de Preparação de Oficiais da Reserva). No entanto, hoje trabalha na empresa de sua mãe, a Ligia Kogos Dermocosméticos.

É portador da síndrome de Asperger e autoproclamado "mulherengo". Afirma, inclusive em documentos, que sua altura é 1,68m, embora muitos já tenham comentado que essa altura é falsa e ele tem menos de 1,60m.

Biografia[editar]

Paulo nasceu em 20 de maio de 1986 em uma família tradicional católica de São Paulo. É filho do ginecologista Waldemar Kogos e da dermatologista Ligia Kogos, uma das mais famosas do Brasil, que tem hoje como clientes Marcela Temer, Amaury Jr. e Beth Szafir e lidera uma empresa de dermocosméticos. Durante sua infância, seu avô paterno lhe ensinou muito do que ele sabe hoje e o instigou a buscar conhecimento por conta própria. Desenvolveu um grande interesse em filosofia, política e economia.

Um membro da alta sociedade paulistana, sempre teve acesso a produtos e serviços de qualidade e circulou em ambientes aristocráticos. Ele compareceu, por exemplo, no velório da apresentadora Hebe CamargoWikipedia's W.svg em 30 de setembro de 2012. A partir de 2013, começou a fazer vídeos para seu canal e publicar artigos no Instituto Mises Brasil, uma famosa organização libertária, tornando-se cada vez mais conhecido no meio libertário. Em 2015, já era amplamente conhecido entre os libertários da Internet, um movimento pequeno porém em constante crescimento, em especial no grupo Libertarianismo do Facebook.

Kogos afirma ter sofrido bullying na infância e juventude. Disse que tinha dificuldades para chegar em mulheres. Como ele mesmo já admitiu, costumava dormir com prostitutas, prática que ele afirma ter abandonado após sua "iniciação cristã". Sabe-se que ele se formou em administração no Insper (um renomado e caríssimo instituto) após concluir o CPOR.

Um autoproclamado mulherengo, Kogos ficou conhecido por manginar várias mulheres após adquirir fama. Ele costuma pagar jantares caros para suas pretendentes, mas parece que nem assim funciona.

Opiniões[editar]

Coisas que ele gosta[editar]

  • Anarcocapitalismo
  • Igreja Católica
  • Escola Austríaca
  • Moral e bons costumes
  • Abacate
  • Porpetone
  • Assassinato de bandidos e políticos
  • Filosofia
  • Tanques
  • Fuzis de assalto e bazucas

Coisas que ele odeia[editar]

Pianos. Taí um motivo justo para odiar a República.
Paulo Kogos tem fobia a formigas.

Frases famosas[editar]

Barbaridades como banco central, inflacionismo, imposto de renda, reforma agrária, proibicionismo, eugenia, relativismo moral e expansão da democracia via sufragismo eram bandeiras defendidas por aqueles canalhas progressistas que também defendiam regulação. E Nando Moura apoia isso; ele não é um conservador. Se tu fremes diante do mercado, clamando por regulação do Estado, para trás! Inditoso esquerdista! Não serás nunca um conservador capitalista![1]

—Em resposta ao vídeo do Nando Moura defendendo a ANATEL (agência reguladora de telefonia)

Paulo Kogos soltando o verbo ao Fernando Holiday.
ENFIA ESSAS CICLOVIAS NO OLHO DO SEU CU, HADDAD FILHA DA PUTA![2]

Vai tomar no cu essa porra de sustentabilidade, caralho! EU QUERO ANDAR DE TANQUE, FILHA DA PUTA![2]

Se o travesti é uma ostra, seu pênis é a pérola mais preciosa"

KOGOS, Paulo

Resposta

Controvérsias[editar]

Polêmica com Beatriz Rios Alves[editar]

No final de 2016, Kogos teve problemas com uma "ex-amiga". Ela postou no Facebook o seguinte:

Beatriz rios alves vs kogos.png


Kogos ao lado de seu carro. (essa imagem pode ser uma montagem).

Na versão de Kogos, ele foi levar um presente para ela, mas ela não estava em casa. Foi então que ele teria mandado mensagem fingindo ser coisa urgente, na brincadeira. Ela disse que estava na casa do namorado. Ele foi até lá, mas aí certos rapazes, incluindo o namorado dela, começaram a bater no carro do Kogos e ameaçá-lo. Kogos chamou a polícia (estatal mesmo) para ver a situação, mas os policiais não deram uma foda. Kogos disse que a processou por calúnia e difamação, depois do post dela no Facebook.

Tendo baixado a poeira entre fevereiro e março de 2017, a tal amiga esclareceu o escarcéu:

Paulo kogos confusão.jpg

Protestos contra João Dória e prisão[editar]

Paulinho Kogos e o caixão.

Em 14 de abril de 2020, em meio à crise do coronavírus, Kogos chegou a aparecer numa matéria da Veja por ser uma figura proeminente nos protestos contra as medidas de isolamento de João Doria, o governador de São Paulo. Ele ficou famoso por aparecer em frente a um caixão falso com uma suástica e um símbolo comunista simbolizando a morte de Doria.[3]

  • Kogos e amigunhos ancaps mentindo sobre ambulâncias

No mesmo dia, Kogos postou um comentário no YouTube dizendo que poderia ser preso em breve. O motivo teria sido o desrespeito às medidas fascistas de isolamento social ao participar dos protestos ou as ofensas a Doria.

Kogos se cagando de medo de ser preso

No mesmo dia, ele fez um vídeo lendo um texto se em que se retrata à família Doria. Muitos o consideraram um arregão que cedeu à pressão do Estado, enquanto outros disseram que foi apenas para a mãe dele não perder clientes, já que a família Kogos é amiga da família Doria, ou seja, não passam de corporativistas, indo contra o pensamento ancap de Kogos.

Galeria[editar]

Fotos[editar]

Aconselhamos ver a página Coleção Paulo Kogos, pois Kogos tem tantas fotos boas que se fôssemos colocar todas aqui, o artigo ficaria imenso.

Screenshots[editar]

Vídeos[editar]

  • Kogos batendo papo com um muçulmano no Spotniks (2020)
  • Aparições aleatórias
  • Mais autismo
  • Famoso vídeo sobre as ciclovias
  • Declarando seu amor por traps
  • Galãs Feios revelando o passado secreto de Paulinho

Links externos[editar]

Referências[editar]


Logo of YouTube (2015-2017).svg
Paulo Kogos faz parte de nossa série sobre YouTube

YouTubers BR YouTubers gringos Memes Tubos Ver também

{{{c6}}}
{{{c7}}}
{{{c8}}}
ver fechar