Este é um artigo sobre raça. Clique aqui para mais informações.

Pardo

De Wikinet
(Redirecionado de Parda)
Ir para: navegação, pesquisa
quando Jeová teu Deus tas entregar, e as ferires; então as destruirás totalmente. Não farás aliança alguma com elas, nem terás piedade delas; não contrairás com elas matrimônios, não darás tua filha a seu filho, nem tomarás sua filha para teu filho.[1]

Pardo
O santo pardo do Peru[2]
ApelidosMulato
Seminegro
Regiões com população significativaRegião Nordeste
América Latina
LínguasPortuguês
Castelhano
CredosCatolicismo Romano
Estatura[3]
CabeludoNão

Pardos (aka mulatos ou seminegros) foram criados graças aos malditos coronéis do Brasil, que em vez de matar todos os negros e poupar o Brasil de uma desgraça maior, preferiram deixá-los vivos e então a negrada começou a comer as filhinhas dos branquelos. A partir disso, a merda começou. Pardos originalmente possuem a inteligência do branco, mas, pelo azar do destino, possuem a mesma tendência dos negros de fazer merda. Sendo assim, a chance de encontrar um pardo que preste é de 25% no norte do país e 50% no resto.

Pardos dominam o Brasil, sendo considerados baratas (tem em todo lugar). A maioria dos presidentes brasileiros foram pardos (isso explica a merda toda). Pardos têm uma extrema facilidade em ser amigo de todo mundo e por isso o Brasil é considerado uma nação hospitaleira, porque BRANCO QUER FODER TODO MUNDO e NEGRO QUER COMER TODO MUNDO.

Características físicas[editar]

Primeiro de tudo, o motivo pelo qual brancos e negros crucificam os pardos é porque não conseguem aceitar que existem dois tipos: pardo claro e pardo escuro.

Pardo claro, que é o mais perto do branco, tem uma extrema tendência à área de exatas e a ser um nerd falho, porém, graças ao gene Macacus doidus dos negros, conseguem ser facilmente sociais e acabam profitando as vadias bem mais facilmente que os brancos, porque branco é bom para criar guerra, mas para pegar mulher só pagando. E caso dois pardos claros se juntarem, o filho deles será branco na maioria das vezes; não me pergunte como porque não sou professor de biologia.[note 1]

Pardo escuro é uma desgraça. Só tem a vantagem de não ser negro. Raspam o cabelo dizendo que é moicano mas na verdade parece manga chupada, usam o cabelo do Neymar dizendo que é para pegar as minas, mas na verdade só pegam as vadias pretas que têm o grelo maior que o pinto do Kid Bengala. Não conseguem fazer um cálculo matemático que preste e ainda por cima andam no ônibus com celular no máximo tocando funk ou forró. E, por ironia do destino, o pênis deles só chega até 14cm no máximo. Tá vendo como negros não servem nem para passar genes?

Um quadro de PunnettWikipedia's W.svg demonstrando como os genes negros mascaram os genes brancos. No entanto, existem pardos com olhos azuis.[4]

Pardos não existem[editar]

Na Twitter, alguns brasileiros retardados (incluindo membros do movimento negro) negam a existência de pardos, alegando que os pardos são negros com sangue diluído por brancos.[5][6][7][8] Essa é uma teoria racial distintamente americanaWikipedia's W.svg e não é apenas racista, mas comprovadamente falsa; pardos pode ser o resultado de um homem branco copulando com uma mulher indígena. Uma análise mais histórica concluiria que toda teoria racial é um produto de fatores culturais e não uma aplicação rigorosa do método científico.

Galeria[editar]

Ambox plus.png Este artigo precisa de mais galeria de pardas gostosas
Você pode ajudar a Wikinet adicionando mais galeria de pardas gostosas.

Ver também[editar]

Salsa


Ivresse de noe.jpg
Pardo faz parte de nossa série sobre raça e etnia

No Brasil (IBGE) Nos EUA Cultura

Branco Pardo Preto Amarelo Indígena
Branco Preto Amarelo Indígena Latino
{{{c4}}}
{{{c5}}}
{{{c6}}}
{{{c7}}}
{{{c8}}}
ver fechar


Erro de citação: Existem marcas <ref> para um grupo chamado "note", mas nenhuma marca <references group="note"/> correspondente foi encontrada ou uma marca de fechamento </ref> está faltando