The Erdős Number Project

De Wikinet
(Redirecionado de Número de Madonna)
Ir para: navegação, pesquisa
Não é tão simples pois não é linear.

Número de Erdős é uma babaquice inventada pela comunidade acadêmica para medir... para medir... sei lá, deve ser para medir alguma coisa importante, porque, afinal, a comunidade acadêmica leva muito à sério estas coisas não é?

Se bem que se lembrarmos que são estes mesmos caras que taxaram de pseudociência a deriva continental de Wegener ou extinção dos dinossauros por um impacto de asteroide de Alvarez, ao mesmo tempo que levaram a sério a frenologia do italiano Cesare Lombroso e agraciavam com Prêmios Nobel a lobotomia do português António Egas Moniz, e a nazifísica do Philipp Lenard, dá para desconfiar das merdas que eles fazem.

O número de Erdős começou como uma brincadeira, que algum amigo do matemático húngaro Paul Erdős fez para sacanear a quantidade imensa de papel higiênico papers que ele escrevia. Isto porque Erdős escrevia sobre qualquer merda, podia ser a maior babaquice, como um artigo para mostrar que dá para escolher um sapato de cada par de uma quantidade infinita de pares de sapatos, mas pode não dar para escolher uma meia de cada par de uma quantidade infinita de pares de meias,[1] ou o que acontecia se você colocar um gatinho em uma sala trancada com uma bomba que explode, ou não, se um isótopo radioativo se desintegrar [2] então ele foi coautor de um porrilhão de artigos.

Então, definiram que Erdős, o fodão dos papers, tem número de Erdős 0. E todos aqueles que coautoraram um artigo com ele tem número de Erdős 1. Qualquer pessoa, que não tenha número de Erdős 0 ou 1, mas que tenha coautorado algum artigo com alguém que tenha número de Erdős 1, tem o número de Erdős 2. Preciso continuar explicando? [3]

O número de Erdős não tem nada a ver com o tempo, autores que morreram antes do Erdős nascer, mas que coautoraram artigos com caras de número de Erdős, também ganham um número de Erdős. A babaquice, então, se projeta ao passado e ao futuro; além disso, cada vez que surge um paper novo, vários dos números de Erdős tem que ser recalculados, vai que este artigo foi coautorado por um cara de número de Erdős 50 e outro de número 40? Isto significa que o cara de número 50 vai passar a ter número 41, além disso, os caras que coautoraram com este cara (que, por construção, só podiam ter números 49, 50 ou 51) vão passar a ter número de Erdős 42, e assim por diante.

Obviamente, uma merda destas não tem como controlar. Ou tem? Não tinha, mas agora tem.

O site que controla esta porra é um site da Oakland University, é o site The Erdős Number Project, http://www.oakland.edu/enp/ . Mas o site é uma merda, e não tem nenhum formulário em que você possa, por exemplo, entrar com o nome da atriz erótica Hedy Lamarr e descobrir se, além de gostosa e de ter feito filmes de nudez, e ter sido uma inventora (inventou o que viria a se tornar o telefone celular), ela algum dia escreveu algum paper, e teria um número de Erdős.

Então chega desta babaquice, e vamos passar a coisas mais interessantes. Como o número de Erdős não serve para porra nenhuma, inventaram-se outros números baseados em conceitos semelhantes. O que se segue é uma lista destes números, alguns consagrados na Interwebz, outros que tem algum site que fala, e outros que são apenas uma nossa modesta contribuição à disseminação da desinformação.

Número de Bacon

STATUS: OFICIAL
MEDE: Cinema

Kevin Bacon é um ator de merda que fez filme pra caralho. Então o número de Bacon é o número de Erdős, só que trocando "escreveu um paper com" por "estrelou um filme com". De acordo com a wikipédia, que usa como fonte a própria wikipédia, existem cerca de 12% dos atores que não tem número de Bacon.

Número de Erdős-Bacon

STATUS: OFICIAL
MEDE: Porra nenhuma

É apenas a soma do número de Erdős com o número de Bacon, ou seja, não mede merda nenhuma. A brincadeira é encontrar gente que tenha este número, e que seja o menor possível.

Número de Morphy

STATUS: SEMI-OFICIAL
MEDE: Xadrez

Paul Morphy foi um enxadrista fodão e maluco, que ganhou de todo mundo no século XIX e depois se recolheu à sua loucura (mais ou menos o que Bobby Fischer fez no século XX, mas Morphy pelo menos teve a dignidade de não apoiar ditadores assassinos). É o equivalente ao número de Erdős, usando a relação "jogou uma partida de xadrez com". O problema é definir o que é jogar uma partida, porque tem partidas em torneios oficiais, torneiros com regras oficiais mas que não são oficiais, e torneios com regras alteradas, além disso, os jogadores costumam começar a jogar muito cedo, e será que uma partida que foi jogada por caras de 10 anos de idade deveria valer?

Número de Shusaku

STATUS: SEMI-OFICIAL
MEDE: Go

Go é um jogo japonês maluco que consiste em ficar colocando bolinhas pretas e brancas em um tabuleiro escroto, e de vez em quando fazendo as bolinhas do adversário sumir, se você tem um sistema operacional livre, tipo Linux, provavelmente o seu computador tem uma versão do Go, pode jogar, e pode tomar ferro. O curioso do Go é que, apesar de suas regras serem muito mais simples que o xadrez, no xadrez desde 1997 que o campeão mundial é um computador, mas, em 2012, os computadores ainda não ganham dos humanos (fodões) em Go. E o número de Shusaku é uma homenagem a Honinbo Shusaku, que compensava o fato do seu pênis ser minúsculo ganhando ganhou de todo mundo no século XIX.

Número de Black Sabbath

STATUS: SEMI-OFICIAL
MEDE: Músicos

Todos músicos que algum dia estiveram no Black Sabbath tem número zero, e a distância é "participaram da mesma banda".

Número de Madonna

STATUS: PROPOSTA
MEDE: Lesbianismo

Bem, qual é a graça de dois atores terem participado do mesmo filme? Nenhuma, né? Agora, e se forem duas atrizes gostosas se pegando pra valer? A coisa muda de figura, não é?

O número de Madonna é uma proposta para medir a distância a Madonna através de uma ligação lésbica. Duas mulheres tem uma ligação lésbica quando ocorreu algum dos seguintes eventos, desde que adequadamente documentados:

  • Tenham tido um caso lésbico real
  • Tenham dado um beijo lésbico em público
  • Tenham feito algum ensaio fotográfico lésbico, ou seja, pelo menos uma tocando no corpo nu da outra (peito ou buceta)
  • Tenham feito uma cena de transa lésbica em algum filme ou série
  • Tenham feito personagens lésbicas casadas em algum filme ou série

Número de Elizath Taylor

STATUS: PROPOSTA
MEDE: Promiscuidade

Elizabeth Taylor foi uma das mais famosas atrizes do século XX e manteve sua aura de deusa no início do século XXI, mas ela também teve seu lado piranha, que ela, por ser conservadora, satisfez de forma legal e sacrossanta, casando oito vezes (com sete homens diferentes, teve um otário com quem ela casou duas vezes). O número de Elizabeth Taylor mede a distância a Elizabeth Taylor utilizando a relação "ter sido casado(a) com", em que, aqui, só valem casamentos oficiais. Uma curiosidade: até quando, no passado, é possível voltar este número?

Facebook separation

STATUS: OFICIAL (aka BABAQUICE DO FACEBOOK)
MEDE: Babaquice do Facebook

É a distância medida através da relação "é um conhecido/amigo no Facebook". Aqui não tem uma "origem", então é apenas a distância relativa entre duas pessoas. Aliás, todas os "números" acima também podem ser transformados em "distâncias". O curioso de todas estas distâncias é que o espaço das pessoas com estas distâncias forma um espaço métrico, portanto é possível fazer cálculos de topologia e análises como a dimensão fractal, e aplicar a teoria dos grafos para...[4]

Babaquices

  1. Sério, tem matemático que discute isso, esta merda se chama Axioma da Escolha, e foi uma das questões não resolvidas na virada do século XIX para o século XX. Ainda bem que hoje inventaram a cyberpornografia, e estes caras tem mais para fazer do que ficar pensando nestas merdas. Só não sei se Erdős escreveu sobre isso, mas ele escreveu sobre Teoria dos Números, que é outra babaquice que mais parece Numerologia do que ciência.
  2. O famoso Gato de Schrödinger; este cara, hoje, seria esfolado vivo por fazer estas crueldades com os animais.
  3. Se você for loura e gostosa, eu posso dar uma explicação em particular.
  4. Puta que pariu, quanta nerdice, melhor voltar à putaria.