Limpador de piscina

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa

Limpador de piscina, em pornografia e filmes de sexploitation, é a fantasia homoerótica que retrata uma dona de casa americana que usa a piscina de sua casa e seduz o cara musculoso contratado para limpar sua piscina.

Gostosas e piscinas, uma combinação explosiva.

Teoricamente, esta seria uma fantasia heterosexual, pois mostra a depósito inicialmente com bikini e depois nua, e uma cena de sexo simulado ou vanilla entre a mulher e o limpador.

Na verdade, esta fantasia tem uma alta componente homoerótica. Primeiro, qualquer homem heterossexual não se identifica com os personagens desta história. O personagem ausente é o marido corno da vadia, que, aparentemente, seria um macho alfa, dono de uma casa enorme, rico, que vai todo dia para o trabalho comer as secretárias e estagiárias. Só que um heterossexual não pode se identificar com ele, porque ele, ao se tornar corno, deixa de ser alfa e se torna um dos betas, ou seja, o cara é mais um fracassado.

Também não dá para se identifica com o limpador, porque este é um bosta, tem um emprego de merda, e a única coisa de útil que faz é comer as vadias das piscinas que ele limpa, o cara nem mesmo come a filha (quando tem esta personagem) do dono da piscina.

Ou seja, a fantasia agrada apenas a homens bissexuais, que se identificam com a esposa piranha, e com mulheres mal comidas, que, em vez de fazer como qualquer puta normal e ficar feliz de receber dinheiro de quem a come, ficam querendo dar para quem não tem dinheiro.

O enredo de uma típica história de limpador de piscina é sempre o mesmo, é tão repetitivo que, se a gente não fosse um bando de bundões e preguiçosos, dava até para escrever um gerador aleatório de texto decente para criar a cena. Mas, enquanto isto, fica com um exemplo que quase não é aleatório:

Como fazia toda manhã, Bruce, um famoso cirurgião, rico e próspero, se despede com um beijo na boca de sua fogosa esposa, Ariana, pega seu carro e vai trabalhar na cidade, deixando-a sozinha em sua ampla casa, ricamente decorada e com uma grande piscina.

Bruce vai feliz, sabendo que vai ganhar ainda mais dinheiro, e sua única dúvida é se ele vai comer, de novo, sua secretária, ou se vai seduzir sua estagiária, uma jovem estudante que acabou de fazer 18 anos. Nem passa pela sua cabeça que sua esposa também está pensando em sexo, mas não está pensando nele.

Ariana está interessada em Adolf, o jovem musculoso e bronzeado que seu marido contratou para limpar a piscina de sua casa. Todo dia, enquanto ela toma banho de sol, Adolf vem limpar sua piscina, e Ariana não deixa de notar que ele lança discretos olhares para seu corpo, mas sem nunca tentar nada de mais sério com ela.

"Hoje será diferente", pensa Ariana, "ele não vai poder me ignorar".

Ariana veste o biquíni que ela havia acabado de comprar, um biquíni azul, cuja parte de baixo mal cobria suas partes íntimas, e, pela parte de trás, era um fio-dental enfiado na bunda. O top do biquíni era dois números menores que o atual tamanho dos seus seios, recém ampliados em uma cirurgia.

Assim que Adolf chega, e começa a limpar a piscina, vestido apenas com um largo calção, Ariana veste-se com uma camisa de seu marido, e, sem a fechar, se dirige à piscina. "Você não se importa se eu me bronzear um pouco, não é?", ela diz a Adolf. Em seguida, ela despe-se de sua blusa e se deita na cadeira de sol, sob os olhares cobiçosos de Adolf.

Após uns cinco minutos, ela se vira de costas, desamarra seu sutiã e o remove. Ariana lança um olhar discreto para Adolf, e nota o volume crescendo em seu calção. Ela se levanta, coloca o sutiã sobre seus seios, e dirige-se a Adolf, e pede a ele que a ajude a amarrar o sutiã, porque ela quer mergulhar. Muito nervoso, ele amarra a parte de trás, e ela fica toda molhadinha ao sentir o toque de suas mãos musculosas sobre suas costas nuas.

Ariana mergulha, nada um pouco, e, discretamente, desamarra de novo seu sutiã. Ela continua nadando, agora sem sutiã, e, por baixo da água, diz a Adolf que ele não havia amarrado direito, e que agora ela tinha que ficar sem o sutiã. Ela sai da piscina, vestida apenas com a calcinha do biquíni, seus enormes seios balançando sob o sol, e pede a Adolf para trazer uma toalha e secá-la.

Adolf começa a secar suas costas, mas ela vira-se de frente, e diz que é para secar também seus seios. Ariana aproveita quando os dois estão de frente e Adolf está esfregando seus peitos, e dá uma segurada em seu membro rígido, e pergunta se ele nunca havia visto uma mulher nua.

"Já vi sim, senhora, mas nenhuma tão bonita" consegue balbuciar Adolf. Para seu espanto, ela crava-lhe um beijo na boca ao mesmo tempo em que aperta seu pau.

Adolf não deixa escapar esta oportunidade. Ele passa a mamar nos seios de Ariana, apalpa e agarra sua bunda, desamarra a última peça de seu biquíni e a deixa nua. Ele se ajoelha, e faz sexo oral em Ariana até que ela chega ao orgasmo.

Adolf se levanta e tira seu calção. Ariana se põe de joelhos, e mama sua pica até quando, já sem aguentar, ele pede para ela parar ou ele iria gozar. Adolf pega sua patroa pelas axilas, a levanta, e, quanto ela o enrosca com suas pernas ele, de pé, penetra sua vagina.

Em seguida, eles vão até a cadeira de bronzeamento. Ariana se deita na cadeira e Adolf vem, por cima, e a penetra novamente. Depois Ariana fica de quatro, e é comida por trás.

Finalmente, ainda de quatro, Ariana roda seu corpo e chupa o pênis de Adolf até que ele goza, com o jato de esperma sendo lançado sobre seu rosto. Ariana lambe seu rosto, engolindo o esperma de Adolf, e depois mergulha na piscina para remover a sobra.

"Acho que você vai ter que limpar de novo a piscina. Tudo bem, eu pago a diária em dobro", diz Ariana.


Ambox plus.png Este artigo precisa de mais pr0n
Você pode ajudar a Wikinet adicionando mais pr0n.
Ambox plus.png Este artigo precisa de mais colocar mais variação no texto
Você pode ajudar a Wikinet adicionando mais colocar mais variação no texto.