Este artigo é um esboço. Clique aqui para mais informações.

Karine Melchior

De Wikinet
Ir para navegação Ir para pesquisar

Karine Melchior (@KarineMelS2) foi um perfil no Twitter usado por uma suposta estudante paulista de publicidade que foi repudiado nacionalmente em 13 de dezembro de 2011 por fazer comentários ofensivos contra negros e nordestinos.[1] Os comentários vieram à tona num caso semelhante ao da Sophia Fernandes, que surgiu em 9 de dezembro do mesmo ano.[1] O Twitter suspendeu a conta após inúmeras denúncias nos primeiros dias de 2012 e o "caso Karine Melchior" caiu no esquecimento na internet e na imprensa no decorrer do ano.

Em algum momento na metade de 2014, o mesmo link e o perfil foram recriado se após o primeiro turno das eleições em outubro, o perfil voltou a atacar nordestinos por votarem na então candidata à reeleição Dilma Rousseff.[2] Após o link e o perfil ganharem manchete, foram feitas inúmeras denúncias e o Twitter suspendeu novamente a conta.

No entanto, como aconteceu em dois casos posteriores, foi descoberto que o nome e a foto da alegada jovem constituíam um perfil fake. As fotos eram de pessoas sem relação alguma com a história. A pessoa real por trás dos posts nunca foi achada, tornando o caso similar ao de Sophia Fernandes (2011) no Twitter.

Salsa

Perfil[editar]

Casos semelhantes[editar]