Inglaterra

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa
Uma típica inglesa peituda.
Uma típica inglesa que não é peituda.

A Inglaterra é... é... porra, eu não sei o que é a Inglaterra!

Seguinte, o que se chama de Inglaterra pode ser várias coisas diferentes, como a Grã-Bretanha, o Reino Unido, o Império Britânico ou o seu sucessor, que não é mais império e se chama Commonwealth. Então, vamos por partes para entender que merda é essa.

Geografia[editar]

Se você olhar para um mapa da Europa, olhando para o norte, tem, do lado direito, o que parece ser uma piroca se enfiando em uma bunda. A piroca é a Dinamarca e a bunda é a Suécia. Do lado esquerdo, tem uma ilha com o formado de um caralho muito mal desenhado, e, próximo da cabeça do pau, uma mancha de porra. O caralho é a Grã-Bretanha, e a mancha de porra se chama Irlanda.

Deste caralho, a glande é a Escócia. A bola esquerda é o País de Gales. O que sobra é a Inglaterra.

Antigamente, os reis da Inglaterra conquistaram toda a Grã-Bretanha e a Irlanda (no mapa, o caralho mal desenhado e a mancha de porra, respectivamente). Depois, perderam a parte do sul (e a maior parte) da Irlanda, então o que sobrou passou a se chamar Reino Unido. Juntando a isto as merdas que os ingleses conquistaram fora da Europa, como o Canadá, a África do Sul, a Índia e várias outras merdas, formaram o Império Britânico (que deveria se chamar Império Inglês, porque os outros britânicos, escoceses, galeses e irlandeses, eram tão fudidos quanto os indianos, sul-africanos ou canadenses).

Quando não era mais cool chamar esta merda de Império, eles mudaram o nome para Commonwealth, mas continuou tudo a mesma merda, então, hoje, vários países que foram do Império Britânico mas nunca se preocuparam em declarar a independência ainda dizem que a Rainha da Inglaterra é a sua rainha, como Canadá, Austrália e Nova Zelândia.

Resumo desta porra toda: se você quer se referir a qualquer um destes lugares, e está na dúvida, usa mesmo a palavra Inglaterra para o país e inglês para o cidadão, que, foda-se, dá na mesma, na pior das hipóteses o cara (escocês, australiano ou canadense) vai tentar te corrigir com uma longa explicação TL;DR.

História[editar]

Apesar de estar "protegida" da Europa pelo Canal da Mancha (que separa da França) e do Mar do Norte (que separa da Noruega), os ingleses foram sempre conquistados por vários povos.

Como os invasores não eram bobos, não ficavam por lá, uma terra de merda onde chove 400 dias por ano, quando faz frio é frio pra caralho e quando faz calor é quente pra caralho (mas não para padrões brasileiros), então eles se limitavam a pilhar o que tinha de valor, estuprar as mulheres e levar as meninas mais gostosinhas.

Como isto, o inglês, tanto o povo quando sua língua, acabou se tornando uma mistura de romanos, francos, anglos, saxões e normandos, mas, a seleção causada pela sangria dos invasores que levavam as mais gostosinhas para longe acabou tornando a inglesa uma das mulheres mais feias do mundo.

O povo inglês sempre foi um povo bundão, era um dos povos mais irrelevantes da Europa, tanto que levou 100 anos tentando conquistar a França (na Guerra dos Cem Anos) e não conseguiu, quando qualquer um conquista a França com um pé nas costas (Júlio César conquistou em uma estação e Adolf Hitler em uma semana).

Nos últimos séculos, para sorte deles, alguma coisa mudou. A partir do século XVII, eles se tornaram a super-potência mais fodástica do mundo todo, montaram o Império Britânico, e, com isso, passaram a fazer com os outros povos o que tinham feito com eles: invadiam as terras distantes, estupravam as mulheres, e traziam para casa as mais gostosas. Assim, as inglesas, que eram barangas, agora já produzem vários exemplares de beleza, culminando, no século XXI, com as inglesas peitudas.

Em 1948, um escritor inglês bom pra caralho, George Orwell, pintou um futuro de merda para a humanidade, no livro 1984. O tempo passou, o ano chegou, não era nada daquilo, e hoje em dia o pessoal acha que foi este cara que inventou aquele reality show Big Brother, que é uma merda no Brasil mas, nos países desenvolvidos, até que não é tão ruim, porque sempre tem gostosas fazendo topless e dando lesbian kiss umas nas outras.

Eventos recentes[editar]

Os ingleses, hoje em dia, só querem saber de dar porrada em argentinos (mas depois da reconquista das Falkland Islands isso deixou de ter graça), beber cerveja, apreciar as inglesas peitudas e falar mal dos franceses e americanos.

Em 2012 ocorreu a Olimpíada de Londres, um dos eventos mais importantes para o homoerotismo mundial, em que bichas enrustidas podem apreciar corpos masculinos musculosos semi-nus sem que fique escancarada a sua viadagem.

Ver também[editar]