First person shooter

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa

First person shooter (FPS, para os íntimos) é um tipo de videogame ou jogo de computador em que o jogador joga por um personagem que sai atirando em tudo que passa pela frente, e onde a cena é apresentada ao personagem como se o jogador estivesse vendo tudo através dos seus olhos, e ouvindo o que o personagem vê (eu já ouvi falar de projetos para incluir olfato nos computadores, e tem aquelas roupas experimentais malucas que fazem o cara sentir tato. Obviamente, nem em cybercafes da máfia russa vão fazer o cara tomar tiros de verdade se o personagem for baleado!).

Em um FPS, o jogador deve prestar muita atenção para não ficar sem munição.

Um dos primeiros jogos neste estilo (ou foi o primeiro? É difícil saber, a história da informática - que nem é tão longa assim - é cheia de lendas. Se isso aconteceu há 50 anos atrás, em uma época onde tudo é registrado, imagina o que dizer de eventos sobre a vida de Jesus, escrita 30 a 50 anos depois, em uma época onde a memória era a cabeça das pessoas?) foi o jogo Doom, que estreou em 1993 e mostrou que shareware pode ser imensamente lucrativo se for bem feito.

Redes permitem que vários jogadores combinem seus talentos com sinergia.

Desde então, a única revolução significativa no estilo foi o acréscimo da rede, primeiro da rede local e depois da Internet, que permite a um grupo pequeno jogar colaborativamente ou dividido em grupos rivais, ou mesmo jogar em servidores que aceitam milhões de pessoas (os tais massive multiplayer on line games).

A estratégia básica em um FPS é sair matando tudo que se mexe, carregar tudo que se pode pegar e destruir tudo que não pode - ou seja, 1500 anos depois, o comportamento humano ainda é igual aos dos vândalos que saquearam a Itália ao final do Império Romano.

Obvimente, alguns jogos são um pouco mais sofisticados: não é para matar a gostosa que você vai resgatar, não dá para carregar 35 rifles, e se você explodir a enfermaria depois não vai conseguir curar suas feridas.