Fascismo

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa
Como idolatrar o fascismo.

Fascismo, do latim fasces, que quer dizer feixe, e faz referência a um instrumento de tortura usado no Império Romano, [1] é uma ideologia política usualmente associada à extrema-direita (para quem é de esquerda) ou à extrema-esquerda (para quem é de direita) ou ao extremo-centro (para quem é fascista).

Muita gente confunde fascismo com nazismo. Errado. Fascimo não é nazismo, mas este "não ser" está na mesma classe de se dizer que pornografia não é pornografia infantil, socialismo não é comunismo, homem com homem não é gay,[2] ecchi não é hentai, mulher não é puta, [3] homem não é estuprador, [4] Islã não é o ISIS e capitalismo não é tráfico de órgãos.

O que isso tudo que você não leu quer dizer é que o fato de A ser consequência de B não quer dizer que A acarreta B.

Então, como o nazismo foi a forma mais famosa, lulz e vitoriosa de fascismo, todo mundo confunde fascismo com nazismo, como se fossem a mesma merda, mas na realidade não é, o nazismo é uma das várias formas que o fascismo assumiu ao longo dos tempos.

Na sua origem, o fascismo é o herdeiro natural dos regimes tirânicos, mas com elementos de industrialização e sindicalismo que só surgiram no final do século XIX e ganharam força no século XX. A doutrina, ao contrário do comunismo e do nazismo, não tem sua Bíblia,[5] então ninguém sabe muito bem dizer que porra é fascismo e que porra não é, ou seja, cada historiador inventa o que quer, e foda-se que ninguém mesmo vai chegar a consenso nenhum.

Uma definição mais funcional parte do espectro esquerda-direita, mas acrescenta um outro eixo ortogonal. Neste outro eixo, mais ou menos na metade entre o comunismo (extrema-esquerda) e o capitalismo neoliberal assassino filho da puta (extrema-direita) ficariam as ideologias de "centro", com também um centro (que seria a socialdemocracia) e dois extremos, o anarcocapitalismo e o fascismo. Ou seja, assim como a socialdemocracia e o anarcocapitalismo, o fascismo pega elementos tanto do comunismo e do capitalismo, e enquanto a socialdemocracia tenta fazer uma média, o fascismo e o anarcocapitalismo pegam também os extremos.

Exemplificando, o comunismo prega um estado totalitário, o capitalismo prega um estado submisso a capital. Na socialdemocracia, o estado é meio-termo, no fascismo o estado é totalitário e no anarcocapitalismo o estado desaparece.


Ambox plus.png Este artigo precisa de mais lulz
Você pode ajudar a Wikinet adicionando mais lulz.

Referências

  1. Na verdade, era na República Romana, mas ninguém mesmo sabe que Roma só era foda e respeitada quando era República, no Império os caras viraram um bando de bundões pacifistas.
  2. A rigor, o cara pode ser bissexual.
  3. Porque pode ser vadia. HUEHUEHUE.
  4. Se bem que as feministas discordam.
  5. Respectivamente, Das Kapital e Mein Kampf.