Este artigo tem relação com chans. Clique aqui para mais informações.

Dogolachan (Psytoré)

De Wikinet
Ir para navegação Ir para pesquisar
Children-404 logo.png
BALEETED

Este artigo se refere a algo que não existe mais (como um site deletado) ou contém informações desatualizadas, refletindo o estado de algo no passado.

Dogolachan
Dogolarzpsy.png
Dogola chan.png
O chan no início de 2018, no estilo padrão "Yotsuba Blue".
Fundaçãodezembro de 2013
Falecimentojunho de 2018
Boards mais acessadas/b/
Dono(a)Psycl0n (até 05/2018)
Technomage (depois de 05/2018)
GOEC (depois de 05/2018)
Epic Wins- Fazer diversos ataques terroristas nos Estados Unidos; um dos mais conhecidos é o ataque das impressoras
- Falir o Sigaint
- Criação de blogs defendendo pedofilia e estupro em nome de desafetos
- Fazer Kyo matar uma lésbica na rua e depois se matar
- Fazer Breno Alves agredir um homossexual na rua
- Fazer Mallone Morais gravar vídeo defendendo o estupro e pedofilia
Mascote(s)Dogola
Websitehttp://dogolachan.org

O Dogolachan original, criado por Psytoré, existiu entre 2013 e 2018 na Surface Web. Foi caracterizado por várias picuinhas internas e externas e é considerado um dos chans mais consagrados da Internet brasileira.

Após a prisão de Psy em maio de 2018, o chan continuou ativo por mais um mês até o domínio expirar. Em outubro, um sujeito chamado DPR criou uma reencarnação do Dogola na Deep Web, dando continuidade ao legado.

História[editar]

Precursores[editar]

Psy começou as suas primeiras experiências criando o 45chan em abril e o Jorgechan no final de 2011. Foram apenas chans sem muita relevância entre tantos outros que surgiram após a morte do 55chan original.

Início[editar]

Bem vindo ao mais novo chan da Interwebs brasileira. A falência do mar de mijo é a prova que a Internet brasileira precisa de mais que um chan administrados por moleques cujo dono não passa de um maconheiro escroto que molesta crianças. A caminhada é a seguinte.

Quando o mar de mijo falir, eu vou falir a toca do coelho também. Quando eles pensarem em 'dar o troco' vão encontrar uma merda escalável via AWS com milhões de proteções incluindo um modsecurity escroto. O máximo que vão poder fazer é chorar mesmo. É o meu sangue judeu, falindo os concorrentes. Só pode haver um. Mas aqui todos serão livres, não haverá amiguismo, você posta o que quer, se postar CP leva ban. Tirando isto, façam o que quiser. Não vai ser moleque de 12 anos que vai dizer que você é câncer ou não.

Psycl0n

Em dezembro de 2013, um tempo depois de sua primeira prisão, Psy criou o Dogolachan. Ele queria postar as merdas dele sobre a cultura japonesa e animes, tanto que o chan no início chegou a ter a descrição de "A casa do hikikomori na Internet". Ao ser xingado em todos os chans que ele frequentava por causa de suas jorgices, começou a forçar todos de seu chan a concordar com ele. Ele sabia criar e postar em blogs, mas ele precisava de uma resposta imediata a cada merda que postava. Antigamente, o Dogola também servia como alternativa quando o 55ch caía, mas como a userbase lá era tão cancerígena, mesmo para os padrões do 55ch, nem todos aderiam ao Dogolachan. Algumas vezes, Psy conseguia achar uma maneira de hackear os chans da competição e redirecioná-los para o seu chanzinho fajuto. É sério; ele fez isso com o 77chan, cujos admins leigos ficaram uma semana quebrando a cabeça para resolver o problema.

O chan apresentava uma novidade, a opção de embutir vídeos do YouTube nas threads.

Uma outra descrição dos tempos antigos era "All Hail Dogola", em referência ao mascote do chan, um cachorro com um olhar hilário chamado Dogola. O chan se localizava no endereço dogolachan.org e usava o tema Yotsuba Blue. Uma parte da userbase do Dogola veio do 77chan, que Psy havia hackeado, já a outra parte veio do Xchan, com o qual o Dogola tinha uma parceria.

2016: Mallone Morais e Felipe Neto[editar]

Em 2016, Mallone Morais, um usuário do Dogolachan, gravou uma série de vídeos de cunho pedófilo que viralizaram na Internet. Ele falou, entre outras coisas, que adorava pornografia infantil e que todo pai devia iniciar sexualmente sua filha.

Em 13 de setembro de 2016, Felipe Neto, um dos youtubers mais populares do Brasil, fez um vídeo-denúncia chamado "O PEDÓFILO (O QUE VOCÊ NÃO SABE)", em que ele fala que Mallone é ligado a chans, explica o que são os chans e como são as pessoas que os frequentam, além de pedir para que seus inscritos (crianças mongoloides) floodassem os três principais chans da época: Brchan, 55chan e Dogolachan, coisa que eles de fato fizeram. Em 2018 ou 2019, Felipe colocou a tag [+13] no título do vídeo e colocou restrição de idade (necessitando de cadastro no site para assistir). Pouco depois, no final de 2019, mudou a tag para [+18] (autoexplicativo). Um pouco depois disso, os comentários do vídeo foram desativados[1][2] e logo depois o vídeo foi apagado ou privado, estando indisponível hoje. Como o flood incitado por Felipe afetou o Dogolachan, GOEC apareceu lá, na época usando o codinome de "Doxxingfag", e ajudou Psycl0n a foder com todas as crianças que estavam floodando. GOEC pegou todos os dados e as inscreveu em sites de pornografia. Psy colocou os IPs da criançada em logs de CP e fez quem acessava o link do Dogolachan pelo vídeo do Felipe Neto entrasse em um site de pornografia. Após receber ataques e críticas pela merda que causou, Felipe se defendeu, dizendo que na época o canal dele não tinha como público principal as crianças, mostrando um print das estatísticas onde menos de 1% eram crianças (desconsiderando a possibilidade de mentir a idade).[3]

GOEC e crimes envolvendo terrorismo[editar]

Veja mais do mesmo em GOEC
GOECdogola1.png

O Dogolachan se tornou um imageboard criminoso depois que GOEC descobriu o site através do vídeo do Felipe Neto. Na época, achavam que GOEC era na verdade o próprio Psy, por ter chegado do nada e comprado briga enviando e-mails com ameaças para várias advogadas da Lola. Segundo GOEC, ele teria se juntado ao Dogolachan e ao Psy para foder a Lola pois "queria fazer justiça".

Morte de Marielle Franco e comemoração[editar]

Em 14 de março de 2018, Marielle Franco foi assassinada. Após isto, o Dogolachan comemorou sua morte. Alguns acreditam que o assassino de Marielle Franco era usuário do Dogolachan; um dos motivos apresentados é que em nenhum outro lugar da internet falava sobre ela a não ser no Dogolachan.

Fim[editar]

Em maio de 2018, quando Psy foi preso de novo, a moderação ficou para o traveco Technomage e para o GOEC, até ser encerrado, pois apenas o Psy tinha acesso ao provedor de hospedagem do Dogolachan que não foi mais pago devido à sua prisão.

e foi um mar de CP...

Banners[editar]

Dogolabannerkkk.jpeg Dogolamuie.jpeg Otakufedido.jpeg
Dogolatr.jpeg Dogolarape.jpeg

Boards[editar]

  • /b/ - Random - metade dos usuários ficava aqui
  • /pr/ - Pornografia - Também era aceito CP
  • /tr/ - Mulheres com Pinto - Só o Gustavo Guerra usava esta board
  • /mod/ - Moderação - O Psy não se importava, então ele nem via as sugestões e as reclamações que tinham nesta board
  • /an/ - Anime - Dogoleiros Weeaboos falando sobre K-On!
  • /pol/ - Política e História - CACETE, VOCÊ NÃO ENTENDEU?
  • /x/ - Ocultismo e Gnosis - Só o Technomage usava esta board
  • /panela/ - Turma do Dogolinha - Quando o Technomage quis transformar o /b/ do Dogolachan em um 55chan, ele criou esta board para assuntos sobre os personagens do chan, já que no /b/ só tinha isto. A board era um lixo e morreu depois pois o /b/ estava vazio já que tudo foi redirecionado para o /panela/
  • /pill/ - Ensaios acerca o Niilismo - Redpills, Bluepills e Blackpills
  • /bairro/ - Bairrismo - postar com Estadobolas
  • /falho/ - Falho - Como fingir para a sociedade que você é normal?
  • /cadeia/ - Prisão - CP
  • /real/ - Realidade - Fãs do Nessahan Alita
  • /jo/ - Joguinhos - Só Sentafria e o Mallone Morais usavam está board
  • /pc/ - Programação, software, hardware e tecnologias - Caralho, você não entendeu??
  • /mu/ - Autismo dos anos 60, 70, 80, 90s... - Músicas marcantes de anos marcantes
  • /hentai/ - 2D>3D - Rule 34
  • /animu/ - Anime - A mesma coisa que a board /An/
  • /merdalher/ - Muié - board de pornografia
  • /high/ - Zé Droguinha - board onde Wallace de Jesus Barroso traficava drogas
  • /rapé/ - Makonha mlk zika - a mesma coisa que a board /high/
  • /vinil/ - "Ain confrades eu amo a Avril Lavigne"

Usuários[editar]

Turmadogola.png

Alguns célebres usuários do Dogolachan. Diferente de outros chans, o Dogola não punia quebra de anonimato e a attwhoragem rolava solta, levando ao surgimento de muitas personalidades conhecidas.

Legenda:

  • = falecido
  • * = atualmente preso
  • # = anteriormente preso
Imagem Nome Descrição
Psysim.jpeg Psycl0n*
(Powerword: Marcelo Valle Silveira Mello)
Dono do Dogola original, líder dos jorges. Criador de sites jorges como Silvio Koerich, Realidade, Homens de Bem, Tio Astolfo, Reis do Camarote, entre muitos outros. Expulso de outros chans, criou o Dogolachan ao final de 2013. É de lá que comandava sua rede de ameaças, extorsões, doxxing, ataques e perseguições a todos os seus desafetos. Atualmente se encontra preso e condenado a ficar na cadeia por 41 anos.
FuegoSancto.jpeg Kyo
(AKA Fuego Sancto; no Dogolachan o chamam de Cuckyo; Powerword: André Luiz Gil Garcia)
Esteve com Marcelo por muitos anos. Foi colaborador do site Silvio Koerich, o qual também manteve por algumas semanas depois que Psy e Emerson foram presos. Foi autor de outros sites jorges e administrador do Dogolachan desde o começo, em 2014, até o início de 2015. Marcelo brigou com ele por causa de Julia, que o fez revelar sua identidade e gravar certos vídeos. No segundo semestre de 2016, voltou ao Dogolachan como moderador. Em dezembro, brigaram novamente. Marcelo o trocou por Technomage na moderação. Kyo criou o Firechan, board hospedada no 8chan (https://8ch.net/firechan/index.html) que depois foi hackeada pelo /expropriado/, outra board do 8ch. Em 16 de junho de 2018, ele tentou assediar duas garotas em Penápolis - SP e atirou em uma delas, acabando por se matar durante sua fuga.[4][5] O suicídio de Kyo causou uma grande revolta no Dogolachan.
Julia Busse, Castora.jpg Castora (Powerword: Julia Busse) Ex-camgirl maconheira e ex-webnamorada do Kyo.
Goec.png GOEC Hacker de identidade desconhecida, que apareceu no Dogolachan em novembro de 2016 para fazer doxxing e perseguir leitoras da Lola. Também ameaçou Joice Hasselmann, Janaina Paschoal, Allan dos Santos, entre outras pessoas. GOEC já enviou e-mails com o nome de Emerson prometendo atentados em universidades. Ele diz morar na Alemanha ou na Suíça, e foi o criador do polêmico site riodenojeira.com.
GOEC3.png Arthur Lopes# (AKA Pardo Lopes) Um pirralho morador de Aracaju, Sergipe. Por ser nordestino e pardo, não era muito aceito entre neonazistas. Por isso, fazia tudo para se integrar: gravava vídeos caluniadores a mando de Psy, fazia ameaças de morte etc. Já foi detido por pichar suásticas em monumentos.
Ryan faixa jesus.jpg
Ryan Cangaceiro (AKA Ryan Ethernal) Pernambucano que fez vários vídeos jorges a mando de Marcelo. Em um deles, disse ser filho de Lola, abandonado por ela quando bebê. Foi denunciado ao Ministério Público Federal mas o procurador Luciano Sampaio Gomes Rolim deferiu seu arquivamento em janeiro de 2016. Não tem participado de ações desde que GOEC apareceu.
José Guilherme Fernandes Zaccarini.jpeg Coelho* (Powerword: José Guilherme Fernandes Zaccarini) Ex-aliado de Emerson e Psy, que moraria ilegalmente em Chicago, EUA.
Emma Müller.png
Emma Müller* (AKA Maria Dolores) (Powerword: Caroline de Paula Dini) Namoradinha do Guerra que, após ter brigado com ele, se tornou moderadora do Dogola para controlar as raids promovidas por Futuca. Está atualmente presa por participar de um homicídio.
Mallonne.jpg Mallone Morais# Gamer que se fingiu de pedófilo por atenção. Fez vídeos jorges, como um que viralizou, que diz que todo pai deve iniciar sua filha sexualmente. Mora em São Paulo.
Technomage1.jpg Technomage
(AKA Tropeço; Powerword: Raziel von Sophia Imbuzeiro, antes de virar trans Raphael Imbuzeiro)
Travesti frequentador do Dogolachan desde o início e moderador de dezembro de 2016 a 2019, quando DPR acabou apunhalado o sujeito, atrelando-o à board /loli/ de pornografia infantil. Em janeiro de 2020, foi preso por 5 dias pelo seu envolvimento com o Dogola. Depois de sair do Dogola, fundou e moderou por um tempo o Realchan e o Magalichan. Morreu (provavelmente se matou) no dia 4 de março de 2020.
Camila Bathke.jpeg
Camila Bathke (AKA Cumila) Prostituta loira que morava com Psy um pouco antes de sua prisão. De vez em quando ela postava sobre suas peripécias com o gordinho.
Vanessa nude.jpg
Vanessa Bathke (AKA Cunessa) Outra prostituta que morava com Psy. Esta era ruiva e, diferente da anterior, até que era gostosinha.
CahOliveira.jpg Cah Oliveira Professora universitária de Rio Verde, Goiás, que era amiga da Lola e se aproximou do chan após ser ameaçada por GOEC e Kyo.
Morga estrabica.jpg Morga Dias Feminista attwhore paraibana.
Gordoidao.jpeg Gordoidão Gordo attention whore.
Breno Alves.png Breno Alves#
(AKA Macaconfederado)
Nazipardo que costuma gravar com bandeiras dos Confederados. Agrediu um homossexual com um capacete de moto uma vez, mas não chegou a ser preso. Só foi detido por alguns dias na segunda fase da Operação Iluminate.
Pulsen Sieg Heil.jpg Pulsen#
(Powerword: Yuri)
Racista membro da antiga Homens Sanctos.
Judiaberg.jpg Judiaberg
(Powerword: Carolina Luchtenberg)
Judia attention whore que farmava escravocetas e era adorada por Psy.

Inimigos[editar]

Os principais inimigos dessa versão do Dogola.

Imagem Nome Descrição
EERS2.jpg Emerson Eduardo Rodrigues#
(AKA Pedola ou Pedolão; às vezes se autointitula Capataz Sancto ou Capataz da Senzala)
O maior inimigo e alvo dos dogoleiros. Na época em que eram amigos, criou junto com Psy o site de ódio Silvio Koerich. Foi preso em 2012 pela Operação Intolerância, mas depois foi solto. Vive viajando pelo mundo e trabalhando em vários bicos. Emerson e Marcelo voltaram a brigar em outubro de 2016, quando ele se mudou para os EUA, buscando "asilo político". Desde 2018, mora na Espanha.
-Lola.jpg Lola Aronovich Blogueira esquerdista e alvo frequente das trollagens de dogoleiros até hoje. Comemorava (e ainda comemora) sempre que quando algo de ruim acontece com Psy e seus aliados. No chan ela ficou conhecida como Jabba, Porco, ou pelo seu primeiro nome, Dolores.
Wallace de Jesus Barroso.png Wallace de Jesus Barroso#
(AKA Pretallace)
Inicialmente uma vítima atrelada ao Rio de Nojeira, Wallace se aliou a DPR após sua briga com Technomage, mas depois voltou a ser inimigo do Dogolachan.
Robson Otto Aguiar.jpg
Robson "Otto" Aguiar Masculinista que foi vítima de Psy, que o pôs como autor de um de seus sites, Tio Astolfo, em agosto de 2015, quando Robson ficou do lado de Emerson na briga entre ele e Marcelo. Fez vários vídeos jorges com calúnias, principalmente contra a deputada estadual Janaina Rivas (que o processou e ganhou) e contra Lola Aronovich.
Guerra.jpg Gustavo Guerra*
(AKA Futuca)
Natural de Caxias do Sul, é neonazista e foi amigo leal de Psy no começo do Dogolachan. Em dezembro de 2014, a seu pedido, ligou para Lola para ameaçá-la de morte. Foi internado em fevereiro de 2015 e permaneceu boa parte do ano internado. Em dezembro de 2016 foi internado novamente por tentar esfaquear o pai (ao ser persuadido por GOEC para fazer tal coisa). Hoje Marcelo se diz seu inimigo.
Homem-aranha.png Ricardo Wagner# Rival de GOEC desde a época do Orkut e alvo de muitas trollagens do hacker.
Sentafria.jpeg Sentafria Um neonazista pedófilo que criava blogs de ódio a mando do Psy e jogava tudo nas costas do Gustavo Guerra.

Curiosidades[editar]

  • O Dogolachan nunca foi hospedado na Malásia, como o Psy dizia "Este fórum está hospedado na Malásia, portanto ele não responde ordens judiciais brasileiras":
No we are not. Cinipac was never hosted in Malaysia, they just used a PO Box there. If you do past IP checks on domaintools you will see it was always hosted in Romania. Domains where reselled via our Webnic account and the whois is just simply their po box (which btw they also got from us)

Tradução:

Não, não somos. O Cinipac nunca foi hospedado na Malásia. Eles têm apenas uma PO Box lá. Se você checar os IPs passados nas ferramentas de domíno, verá que ele sempre foi hospedado na Romênia. Os domínios eram revendidos pela nossa conta Webnic e o Whois é simplesmente a PO Box deles (que, a propósito, eles também pegaram da gente)

  • Antes de ser Dogolachan, o chan era conhecido como Jorgechan e às vezes quem entrava no fake Silvio Koerich (criado pelo Psy e pelo Emerson) era redirecionado para o Jorgechan.
  • O mascote Dogola foi escolhido por ser um meme proibido no 55chan.
  • Durante anos, a board reserva do Dogolachan foi o /firechan/ do 8chan, criada por Kyo. Após uma briga de Psycl0n com Kyo, resolvendo a retirada de seu cargo como moderador no Dogolachan, uma boa parte da userbase se separou para o Firechan e os outros para o Dogolachan em uma guerra para ver quem era mais confiável, Kyo ou Psy. Os que postavam ao lado de Psy no Dogola eram chamados "minions dogoleiros", enquanto os que postavam no Firechan eram chamados "dogoleiros de honra".
  • Technomage teria perdido a administração do Dogolachan após tentar dar um golpe no GOEC. Mais tarde, GOEC teria perdido temporariamente a administração e parado de frequentar o Dogolachan, até que voltou e viu que Technomage estava fazendo mudanças consideradas "degeneradas". Com isto, Technomage teria perdido a administração e GOEC ganhado novamente através de uma grande guerra dogoleira.
  • Por um breve período, o Dogolachan já foi um chan praticamente pago, pois só era possível acessá-lo através de uma VPN paga. Às vezes nem isso funcionava, pois era necessário contar com a boa vontade da administração para colocar sua VPN na whitelist.
  • A movimentação do Dogolachan sempre foi média. Em alguns meses havia menos de cinco usuários postando.

Salsa


8chan-logo.svg.png

Dogolachan (Psytoré) faz parte de nossa série de artigos sobre
chans
Visite o Portal:Chans para mais artigos do gênero.