Carlinhos

De Wikinet
Ir para: navegação, pesquisa

Carlinhos, ou Carlos gostosão, é um brasileiro que morava em Dubai e que comeu um arabezinha. Um dia, próximo do carnaval de 2014, ele resolveu trollar muito e gravou um vídeo fazendo a menina a falar umas idiotices em português ("ontem eu dei a bucetinha com gosto de espirro pro Carlos Gostosão"), só que sem ela saber o real significado, é claro, e postou num certo grupo cancerígeno do Cancrobook. Lá ele se vangloriou do seu feito e todos riram do descolado filho da puta.

Mas Carlos não imaginava que no grupo havia um anão de verdade, o qual levou o assunto ao chan, onde os anões ajudaram na raid que estava sendo feita contra o paneleiro. Não demorou muito para a notícia chegar ao pai da menina, que ameaçou dar uma facada no moleque. Ele então postou um vídeo chorando e dizendo que acabaram com a vida dele. Não se sabe ao certo o desfecho da história; alguns dizem que ele realmente levou a facada, outros dizem que apenas foi deportado. De qualquer maneira, os anões consideram que o lulz gerado foi satisfatório. Em 2017, surgiram fotos mostrando que ele estava vivo em uma formatura nos EUA.

Repercussões da raid[editar]

Os anões sempre tiveram raiva das panelinhas por divulgar o conteúdo do clubinho secreto deles nas redes sociais. Apesar disso, a maioria dos paneleiros sequer sabia da existência dos chans. A raid ao Carlinhos acabou sendo uma das maiores divulgações de chans até então e acabou levando muitos novos usuários aos imageboards.

Vídeos[editar]

O vídeo que originou a polêmica
Carlinhos chorando depois da raid
MICARETA DO CARLÃO
Coletânea Lulz - Carlinhos
Nova versão