Mudanças entre as edições de "Daniela Kwitko"

De Wikinet
Ir para navegação Ir para pesquisar
(Criou página com ''''Daniela Kiwitko''' foi uma prostituta que trabalhou fazenda agroserra do Maranhão. Era conhecida por dar para todos os peões da fazenda inclusive Emerson e tentar dar...')
 
m
 
(11 revisões intermediárias por 3 usuários não estão sendo mostradas)
Linha 1: Linha 1:
  +
[[Imagem:Daniela Kwitko.jpg|250px|right|thumb|Daniela na 55ª Feira do Livro de Porto Alegre (2009)]]
'''Daniela Kiwitko''' foi uma prostituta que trabalhou fazenda agroserra do Maranhão. Era conhecida por dar para todos os peões da fazenda inclusive [[Emerson]] e tentar dar em cima de '''Mario Luciano Bianchini''' que na época já era um homem casado. Ela tem o título de advogada mas o não exerce desde que saiu da fazenda em 2007. Se encostou em um mangina e vive de pensão até os dias atuais. Tentou dar o golpe da barriga no engenheiro [[Emerson]] mas ele logo percebeu a tramóia e deu um fora nela. Daniela é amiga intima de [[Camila]] e movida pelo ódio que nutre por [[Emerson]] acabou se envolvendo com o [[Dogolachan]], de vez em quando aparece nas lives dele usando perfis fakes e se passando por Bianchini.
 
  +
'''Daniela Coelho Kwitko''' (nascida em 1978) é uma ex-advogada e ex-assistente social brasileira.
   
  +
De acordo com [[Emerson Eduardo Rodrigues]], uma figura polêmica na internet desde a época do [[Silvio Koerich]], ela é uma judia e ex-prostituta que trabalhou como assistente social na fazenda Agrosserra do Maranhão entre 2006 a 2007, que ficou conhecida por dar para todos os peões da fazenda (mais de 3000), inclusive o próprio Emerson (traindo outra vez a esposa [[Fabiana de Oliveira]] que era casada com ele desde 2002) e tentar dar em cima de [[Mario Luciano Bianchini]] (na época casado).
   
  +
Ainda segundo Emerson Rodrigues, ela teria tentando dar o golpe da barriga (engravidar dele para se encostar financeiramente), mas logo percebeu a tramoia e deu um fora nela. De acordo com ele, após tentar dar o golpe da barriga, ela deixou a fazenda Agrosserra do Maranhão em 2007 e voltou pra Curitiba ou Porto Alegre. Ainda de acordo com ele, apesar de ter o título de advogada, nunca exerceu profissão desde então, pois em vez disso, ela encontrou outro homem e vive de pensão dele até os dias atuais.
   
  +
Algum tempo depois, por torno de 2014, Daniela Kwitko teria se tornado amiga íntima de [[Karina Guimarães Ponte]] e se envolvido com o [[Dogolachan]], movida pelo ódio que nutria por Emerson. De vez em quando ela supostamente aparece nas lives dele usando perfis fakes e se passando por Bianchini, inclusive até no blog da [[Lola Aronovich]].
   
  +
Daniela tem um perfil no [[LinkedIn]] que menciona a Agrosserra do Maranhão, que fica na cidade (ou zona rural no município) de Balsas.<ref>[https://br.linkedin.com/public-profile/in/daniela-kwitko-1414128a?challengeId=AQGoiU9BBHvKFAAAAXdrSsrA4kyrCdeubcy7ZtwMJqRSiXumvy4sqaI8kcsFCM8Pa2bTTagU8ES5ldhILWZrKAdP_3tD5rxblg&submissionId=27ac4def-e570-6016-236d-686f07760310 Perfil no LinkedIn]</ref> No Commons há fotos de 2009 (publicadas em 2010) onde ela aparece na 55ª Feira do Livro de Porto Alegre, na qual ela virou escritora de livro infantil.<ref>https://commons.wikimedia.org/wiki/Category:Daniela_Coelho_Kwitko</ref>
   
  +
Segundo Emerson, Daniela esteve envolvida no [[massacre de Realengo]] junto a [[Rafaela Almeida Vivas da Silva|Rafaela]] e [[Karina Guimarães Ponte|Karina Guimarães]].
==Ver também==
 
* [[Dogolachan]]
 
* [[Emerson]]
 
   
  +
== Galeria ==
[[Categoria:Dogoleiros]]
 
  +
[[Arquivo:Bianchini blog da Lola.png|400px|center|thumb|Comentário do blog da Lola Aronovich, supostamente de autoria de Bianchini, que Emerson Rodrigues diz ser na verdade de Daniela Kwitko.]]
  +
  +
== Referências ==
  +
<references/>
  +
  +
[[Categoria:Sexo feminino]]
 
[[Categoria:Channers]]
  +
[[Categoria:Judeus]]

Edição atual tal como às 03h27min de 9 de fevereiro de 2021

Daniela na 55ª Feira do Livro de Porto Alegre (2009)

Daniela Coelho Kwitko (nascida em 1978) é uma ex-advogada e ex-assistente social brasileira.

De acordo com Emerson Eduardo Rodrigues, uma figura polêmica na internet desde a época do Silvio Koerich, ela é uma judia e ex-prostituta que trabalhou como assistente social na fazenda Agrosserra do Maranhão entre 2006 a 2007, que ficou conhecida por dar para todos os peões da fazenda (mais de 3000), inclusive o próprio Emerson (traindo outra vez a esposa Fabiana de Oliveira que era casada com ele desde 2002) e tentar dar em cima de Mario Luciano Bianchini (na época casado).

Ainda segundo Emerson Rodrigues, ela teria tentando dar o golpe da barriga (engravidar dele para se encostar financeiramente), mas logo percebeu a tramoia e deu um fora nela. De acordo com ele, após tentar dar o golpe da barriga, ela deixou a fazenda Agrosserra do Maranhão em 2007 e voltou pra Curitiba ou Porto Alegre. Ainda de acordo com ele, apesar de ter o título de advogada, nunca exerceu profissão desde então, pois em vez disso, ela encontrou outro homem e vive de pensão dele até os dias atuais.

Algum tempo depois, por torno de 2014, Daniela Kwitko teria se tornado amiga íntima de Karina Guimarães Ponte e se envolvido com o Dogolachan, movida pelo ódio que nutria por Emerson. De vez em quando ela supostamente aparece nas lives dele usando perfis fakes e se passando por Bianchini, inclusive até no blog da Lola Aronovich.

Daniela tem um perfil no LinkedIn que menciona a Agrosserra do Maranhão, que fica na cidade (ou zona rural no município) de Balsas.[1] No Commons há fotos de 2009 (publicadas em 2010) onde ela aparece na 55ª Feira do Livro de Porto Alegre, na qual ela virou escritora de livro infantil.[2]

Segundo Emerson, Daniela esteve envolvida no massacre de Realengo junto a Rafaela e Karina Guimarães.

Galeria[editar]

Comentário do blog da Lola Aronovich, supostamente de autoria de Bianchini, que Emerson Rodrigues diz ser na verdade de Daniela Kwitko.

Referências[editar]